Turquia – Éfeso, Kusadasi e Pamukkale

Antes de viajar para a Turquia, muitas foram as pessoas que me perguntavam: o que você vai fazer na Turquia. Como escrevi num post anterior, a minha vontade de pisar em solo turco se deu devido à um e-mail que recebi com as fotos de Pamukkale. E não é que o tão esperado dia se aproxima?

Partimos de Istambul rumo à Izmir (cidade com aeroporto mais próxima de nossos destinos). Voamos com a companhia Atlasjet, que nunca tínhamos ouvido falar. Avião meia boca, com serviço de bordo no mesmo nível.

Maridinho lendo em turco
E nós também.

Depois de 1 hora de voo, pousamos em Izmir onde havia um senhor nos aguardando para nos levar a Denzili, a cidade de onde partiria o passeio do primeiro dia a Éfeso. O tiozinho não falava na-da in English… kkkk.

Ir a  Éfeso, não estava em meus planos, mas o Loedi, como amante de história, fazia questão. Para quem está boiando, como eu boiei ao ouvir falar pela primeira vez deste lugar, segue uma breve descrição da Wikipedia:

Éfeso foi uma cidade greco-romana da Antiguidade situada na costa ocidental da Ásia Menor, próxima à atual Selçukprovíncia de Esmirna, na Turquia. Foi uma das doze cidades da Liga Jônia durante operíodo clássico grego. Durante o período romano, foi por muitos anos a segunda maior cidade do Império Romano, apenas atrás deRoma, a capital do império. Tinha uma população de 250.000 no século I a.C., o que também fazia dela a segunda maior cidade do mundo na época.A cidade era célebre pelo Templo de Ártemis, construído por volta de 550 a.C., uma das Sete Maravilhas do Mundo.”

Encontramos o restante do grupo que faria o passeio e seguimos para a nossa primeira parada: a casa da Virgem Maria.

Diz a lenda que Maria havia fugido para esta casa após a morte de Jesus… nada comprovado cientificamente.

Achei o passeio totalmente sem graça por 2 motivos: 1 que não me apego a coisas religiosas e muito menos por não haver fatos científicos que comprovem. O outro motivo é que da possível casa não existe nada, apenas uma réplica. Portanto, pra mim esse passeio poderia ter sido dispensado. Mas como estava no pacote f oi super rápido, nem me aborreci.

Réplica da possível casa de Maria

De lá seguimos para Éfeso debaixo de um sol escaldante e um calor muito forte. E sem esquecer que continuávamos num país muçulmano e precisávamos estar vestidas de acordo.

Ao ver as primeiras ruínas de Éfeso, comecei a achar legal o passeio. Principalmente quando começava a imaginar que tudo aquilo ali um dia foi um grande centro mundial e que atualmente só se tem restos…. Além disso, ouvir todas as explicações em inglês estava sendo um bônus para a viagem     ( é, adoro estudar inglês!).

O percurso é enorme e não há banheiros, nem lugar para tomar água.. imagine como foi sobreviver sem água, visto que o tanto que tínhamos foi rapidamente devido ao calor.

Pessoal tentando se proteger do calor com sombrinhas

A cada construção que via, achava mais interessante o passeio. Ver como eram as ruas de antigamente, os banheiros, as bibliotecas, foi sensacional!

Biblioteca de Celso, uma das maiores do mundo antigo

A última atração de Éfeso também surpreende: o teatro de Éfeso que comportava 25 mil pessoas….

Na reta final do passeio, avistamos umas barraquinhas vendendo água e banheiros…. corri para um lado e o Loedi pro outro… rs. Hummm, acho que foi a água mais merecida de nossas vidas!

O almoço estava incluso no passeio e saímos de Éfeso direto ao restaurante. De lá, seguimos para o local onde ficava o Templo de Artemis, uma das 7 maravilhas do mundo antigo. No lugar, não resta nada além de alguns pedaços de colunas que compunham o famoso templo.

De lá, seguimos para Kusadasi, onde seria nosso pernoite para no dia seguinte seguirmos a Pamukkale.

Kusadasi é uma cidade litorânea point. A maioria dos cruzeiros pelas Ilhas Gregas passam por ali. Uma cidade com um clima agradável e hospitaleiro.

Apesar do dia intenso que tivemos – lembre-se que acordamos às4 da manhã- não perdemos o pique e fomos dar um rolê na praia.

Uma praia sem nada demais, mas com um ambiente bem diferente das praias brasileiras. Diferente em que sentido? Por exemplo: sentamos num bar à beira-mar para bebermos uma cerveja e não conseguimos pois é lei em Kusadasi que não se pode ver bebidas alcoólicas na praia para evitar a violência….

Ok, se não pode, não pode. O engraçado é que pegar a cerveja e levar pra sentar na beira da praia para tomar é permitido.

Demos uma volta pelo centro de Kusadasi, sentamos no centro e ficamos observando a movimentação… já era hora de jantar e voltamos para o hotel, onde a refeição estava inclusa. Logo fomos dormir, pois no dia seguinte sairíamos cedo rumo à Pamukkale.

De Kusadasi à Pamukkale, foram aproximadamente 4 horas de viagem e nem vi passar… dormi direto! Ao chegarmos, antes de irmos para o parque, paramos para almoçar – também estava incluso. Era meio-dia mais ou menos e o sol era de rachar! Ainda bem que por ali biquínis eram tolerados…

Pamukkale, em turco, significa “Castelo de Algodão”. Lá do restaurante já era possível avistar o “castelo de algodão” e a expectativa só aumentava. Confesso que tinha alguns receios em relação à Pamukkale. Um deles era me decepcionar com tanta expectativa, ainda mais que nas últimas reportagens que havia lido sobre o local, muitos eram os relatos de visitantes que encontraram as piscinas secas. Imagina? Ir até lá e não ver as piscinas? Seria extremamente frustrante.

Quem tinha escolhido esse passeio fomos nós, a Tati e o Lu toparam sem nunca nem ter ouvido falar do lugar.. A responsa era grande.

Pois bem, a hora de conhecer Pamukkale chegou, num dia em que os termômetros marcavam 42 graus na sombra….

Entramos no parque, que em sua entrada tem algumas ruínas, mas nem demos bola. Queríamos chegar logo no protagonista do parque….

Andamos por uma trilha arborizada por uns 10 minutos e já avistamos as piscinas. A frase do guia foi: “Considerem-se pessoas de sorte por verem as piscinas com água!”

A cada viagem que faço, tenho mais ideia de que fotos são só fotos….vivenciar a paisagem é muito melhor! Me lembro como se fosse hoje do momento em que cheguei pertinho das piscinas….

Do sonho para a realidade – 1

Minha vontade nesse primeiro momento era ficar ali, tirando fotos e mais fotos… Calma, disse o Loedi. Você tem o dia inteiro para tirar fotos! E o melhor é que era verdade!

Acompanhamos o guia até as piscinas de águas termais que existem em Pamukkale apenas para tirarmos algumas fotos e em seguida nos dirigimos ao “Castelo de Algodão”.

Piscinas termais

Estava muito quente e não hesitei em tirar a blusa e ficar só de biquíni. O primeiro lugar que fomos foi o canto direito das formações, de onde queríamos tirar foto lá de cima.

Em seguida, fomos para o Pamukkale. Para entrar lá, é necessário tirar qualquer calçado. A formação de Pamukkale deve-se às fontes termais que existem por baixo do monte, que provocam o derrame de carbonato de cálcio que depois se solidifica como mármore travertino. Portanto, pisar ali com calçado pode danificar seriamente a beleza do local.

Mais uma vez, a minha curiosidade era tocar na água… e lá fui eu, como criança, pisar nas piscinas. Água quentinha e azul, naquela imensidão branca.

Outra curiosidade que tínhamos era tocar nas partes brancas para saber como era. Olhando as fotos, os paredões pareciam nuvens, algodão doce, neve, gelo…. Aliás, quando postamos as primeiras fotos no orkut, muita gente também tinha curiosidade. Parece frustrante dizer, mas é como pedra… simplesmente pedras….É claro que o efeito paisagístico das pedras é outra história! Pedras não, formações calcáreas, rs.

Se já estava calor antes de chegarmos as piscinas, imagine a temperatura que devia estar com o reflexo do sol em toda aquela imensidão branca.

Olha o Sundown no bolso!rs

Fomos descendo o monte, descendo e quando vimos estávamos exaustos. Para descansar um pouco, sentamos na beiradinha do lugar por onde escorria uma água maravilhosa que aproveitamos como se fosse uma hidromassagem para nossos pés. Ficamos ali observando algumas coisas bizarras, como mulheres andando só com shorts e sutiãs, as mulheres todas cobertas com burcas pretas ( se eu que estava de biquíni estava derretendo, imaginem elas), as piriguetes fazendo poses pra lá de sensuais, enfim, observando a movimentação local.

Será que estavam cansados?
Descanso para nossos pés

Para descer, todo santo ajuda! E como nos restava subir ainda, após nossa merecida pausa, fomos retornando bem lentamente, tirando mais algumas fotos e torcendo para que nossos chinelos estivessem lá quando chegássemos.E estavam…

Nossa missão agora era encontrar água bem gelada para refrescarmos um pouco. Conseguimos achar numa lanchonete uma garrafa de 1 litro congelada. Hummmm… detonamos a água, que descongelou em menos de 5 minutos.

E lá atrás, a lanchonete…

Re-hidratados, fomos até um mirante que não tínhamos visitado, tiramos mais fotos e partimos ao encontro do guia para seguirmos nosso caminho de volta.

Pegamos o ônibus rumo a Izmir, onde pegaríamos nosso voo de retorno à Istambul para dormir e partir rumo ao Egito.

Ter estado em Pamukkale foi uma das maiores emoções de minha vida.  Lindo! Lindo! Lindo! Completamente diferente de tudo que já havia visto na vida….

Fica a dica pra você que nunca tinha ouvido falar deste lugar extraordinário…

Trouxemos uma ótima lembrança da Turquia e dos turcos.. um país incrível, com uma singular mistura de culturas, cheio de história e belezas naturais.

A única coisa que teria feito diferente seria incluir a Capadócia no roteiro… me arrependo profundamente de não ter ido. Mas quer saber? É só um motivo a mais para voltar à Turquia em breve!

60 Comentários

Arquivado em Ásia, Turquia - Éfeso, Pamukkale e Kusadasi

60 Respostas para “Turquia – Éfeso, Kusadasi e Pamukkale

  1. Carol

    Amei seu blog! Muito didático e prático. Estou programando minha viagem ao Oriente Médio em Outubro e quero ir a Pammukale e Capadocia, dentre outros paises! Já salvei no Favoritos! Sou viciada em viajar….Abraços

    • Caroline! Obrigada!!! Que bacana que irá fazer esse roteiro!! Pretende ir ao Egito também? O post está saindo do forno nos próximos dias…rs Viajar é muito bom, e poder compartilhar esse “vício” é mais legal ainda. Te vejo mais vezes por aqui! Bjs

      • Carol

        Sim, vamos ao Egito! Minha idéia é começar pela Grécia pq será começo de outubro e depois da segunda quinzena dizem que já não é tão bom. Em seguida Turquia, Libano (se der), Siria (se der), Jordania, Israel e Egito pra fechar…serão 30 dias… Vou contar com sua ajuda!!!Se precisar de alguma dica dos destinos que já fui, esteja às órdens. Gosto de viajar com economia e estudo muito antes de ir. Ainda terei um blog em breve, mas ainda me falta tempo pra dedicar…Bjão

  2. Carol

    Thais, td bem? Vc tem o contato do senhor que buscou vocês em Izmir para levar para Denzili? Vc acha que vale a pena conhecer Éphesus e Kusadasi? Outra coisa: como nosso tempo está corrido, vamos ficar 1 dia apenas em Milos. O que vc acha? Obrigada

    • Olá Carol! O senhor que nos buscou foi providenciado pela One Nation Tour. Chegamos lá e ele estava com a plaquinha nos aguardando. Ephesus eu acho que vale a pena pela história do lugar. Eu que não sou muito chegada a visitas históricas,mas achei bem interessante. Kusadasi não tem nada demais, só para pernoitar mesmo. Sobre Milos, só aconselho alugar algum meio de transporte para poder aproveitar ao máximo a ilha em um dia, pois o transporte público é escasso.Também ficamos lá só um dia e conseguimos ver tudo que queríamos.

  3. Cara, amei o seu blog!!! Estou empolgadíssima!!!!!!!!!!!!!!! Viajo na quarta-feira para a Turquia e não vejo a hora de conhecer Pamukkale!!! Estou na torcida para que tenha água nas piscinas… Ai, imagina a decepção? O fato é: estou muito louca e não penso em outra coisa! Hahahah!
    Visita o meu blog!
    http://dzexclusiva.blogspot.com
    Bjs!

    • Olá Dani!!!! Desejo uma excelente viagem para você! Pensamento positivo que vai ter água sim em Pamukkale! Beba muita água e passe bastante protetor pois as pedras refletem o calor do sol…. No mais, é só aproveitar as maravilhas da Turquia…. E quanto a não pensar em mais nada, sei bem o que é isso.. rsrsrrs. Pode deixar que vou visitar seu blog! Bjs e uma excelente viagem!

  4. Thais,
    Você foi a Atenas e a Éfesos, ambos lugares de ruínas. Eu pretendo ir à Grécia e à Turquia no ano que vem, e vou a Atenas com certeza. Mas estou na dúvida se vale a pena ir a Éfesos também. Será que em Atenas já vou ver ruínas o suficiente? Éfesos será “mais do mesmo” que Atenas? Já visitei as ruínas de Pompéia, na Itália, achei interessante, mas não me empolguei tanto…
    Confesso que também estou na dúvida sobre Pamukkale. Já vi fotos lindas de lá, mas meu marido, que viajará comigo, não acha que vale a pena arriscar ficar 3h para ir + 3h para voltar num ônibus e chegar lá para ver as piscinas secas…
    Sobre a Grécia: acha que 1 dia é suficiente para Milos?
    Abraço,
    Marcelle

    • Olá Marcelle! Em relação à Éfesos eu fui porque meu marido é ligado nessas coisas. Para meu interesse em ruínas, acho Atenas mais que suficiente. Também tive medo de pegar as piscinas vazias em Pamukkale, mas quis arriscar justamente por causa das fotos que tinha visto e dei sorte de vê-las cheias. Pelo que andei lendo recentemente, o que eles tem feito é alternar o lado de abertura da água, para evitar a frustração dos turistas, mas mesmo assim acho que continua sendo loteria.
      Milos é demais! Como a ilha é pequena, se você tiver um meio para se locomover, consegue pelo menos dar uma passada nas principais praias num dia. Eu fiquei um dia só e achei o suficiente para eu ter certeza que é uma das mais lindas ilhas gregas. Não deixe fora de seu roteiro! Abraços! :)

  5. HUMBERTO BH - MG - BRASIL

    Olá pessoal! Adorei ler sobre suas aventuras . Irei para a Turquia em julho/2012 e quero visitar esses mesmos lugares > gostaria de me corresponder com vcs para tirar minhas dúvidas. Aguardo ansioso por e-mail. Um grande abraço. HUMBERTO

  6. Márcia de Castro

    Adorei seu blog, estava procurando fotos de Kusadaki e Éfeso e gostei das suas dicas. Saio num Cruzeiro que parte de Veneza para Ilhas Gregas e Kusadaki dia 13.Julho. O que tem de interessante para comprar e trazer ? bjs

  7. Ivy

    Olá Thaís, chegarei em Istambul dia 9 janeiro mas dia 14 estarei voando para Bucaresti. Sei que são poucos dias, mas gostaria de fazer exatamente este roteiro, será que dá?
    Como chego à tarde, quero ir para Efesus( sou amarrada em história) no dia seguinte e de lá seguir até Pamukkale e voltar para Istambul. Vc acha que em 3 dias consigo fazer este trajeto? Vou me hospedar em Sultanahmet. Como vc contratou este guia? Foi na Turquia ou vc ainda estava no Brasil. Desde já agradeço suas dicas. parabéns pelo blog ele facilita nossa compreensão.

    • Olá Ivy! Eu acho que é possível sim, mas vai ser bem corrido. Se vc, assim como eu, adora aventuras, dá pra fazer. Porém, para que dê tudo certo é necessário que o planejamento seja bem feitinho. E nesse período é fundamental que o deslocamento de Istambul seja feito de avião, visto que Izmir (cidade base para o passeio a Éfeso) fica localizada a quase 600 km de Istambul. Contratei o passeio direto aqui do Brasil e recomendo a agência pois não tivemos nenhum problema com eles. Dá tbm pra fazer por conta própria, mas eu não recomendaria pois por se tratar do interior da Turquia, poucas foram as pessoas que encontramos que falavam inglês. Obrigada pelo comentário e se tiver mais dúvidas, estou à disposição! :)

      • Ivy

        Oi querida entendi e hoje concluí que “não psso comer a Turquia numa só mordida”…rs. Eu resolvi conhecer istambul, passear pelo Bósforo e ir a Éphesus que me interessa mais. Sou aventureira mas fiz 60 anos e não posso ir além dasminhas possibilidades. Claroque tenho pique, mas um pique de 20 é bem diferente do meu pique…rs pra fazer tudo me quatro dias eu faria corrido e nã aproveitaria a história que istambul deve ter. Eu não quero chegar num lugar, olhar e sair correndo sendo que depois da Turquia eu vou pegar o expresso oriente para a Transsilvânia. Vc pode me passar o nome da agência que vc contratou daqui?
        Obrigada querida e qdo quiser fazer o leste europeu pode me consultar pq estou craque nele…rs

      • Olá, a agência é a http://www.onenationtour.com/. Tenho certeza de que tem muito pique sim! Minha mãe tem sua idade e às vezes me deixa pra trás, rsrsrs Realmente a Turquia é um país que merece várias mordidinhas. Um grande abraço e boa viagem!

  8. Antonio Mello Leitão

    Thais, adorei seu blog. Estou indo para Pamukkale. Você acha melhor chegar em Izmir e ir direto para Pamukkale, pois é uma viagem longa, e depois dormir em Kusadasi?
    Pensei nisso porque no dia seguinte poderia curtir a cidade de Kusadasi com calma, ir á Efeso e depois pegar o vôo de volta para Istambul á tarde. O que achas?

    Desde já muito obrigado

  9. Antonia Solange Pinheiro Xerez

    Obrigada a vocês que contribuiram com suas experiências.
    Solange, Fortaleza Brasil

  10. LUCIANA

    Oi Thais, primeiramente parabens pelo blog! ja li varios posts e achei todos ótimos e com mtas informações úteis! Um dos meus sonhos tb é conhecer a Turquia e em especial Pamukkale. Me tira uma dúvida, tenho lido varios blogs onde as pessoas relatam que nao puderam se banhar nas piscinas só molhar os pes, no seu post vejo q vc esta de biquini e varias pessoas tb rsrs Que época exatamente vc foi… E já existia essa tal proibição… Tem algum pedacinho das piscinas (sem ser a de cleopatra) que podemos entrar… Obrigada LU

    • Olá Luciana! Obrigada pelo comentário. Estive em Pamukkale em gosto de 2010 e era permitido entrar o tanto que quisesse nas piscinas. O porém é que são todas muito rasas, então você acaba só se molhando mesmo. A única exigência é que esteja descalço para não estragar o local. Fiquei de biquini não só porque iria me molhar, mas também porque o calor era muito forte. Espero que conheça em breve aquele paraíso..

  11. Parabéns pelo post, muito bacana. Queria tirar uma dúvida: dá pra visitar as ruínas de Éfeso e Pamukkale no mesmo dia ou fica muito longe?

    • Olá Diego. A distância entre os dois locais é de aproximadamente 200 km. Se estiver de carro e estiver disposto a bastante correria, até acho que dá. Mas, pela beleza dos dois locais, acho que não vale a pena. Tanto Éfeso quanto Pamukkale são lugares pra você observar com mais calma. Eu só faria um passeio express caso fosse a única opção.

  12. Ah achei este blog e já fiquei por aqui ao ler mais um pouco sobre minha meninas dos olhos a Turquia!
    Quero muito ir pra este país e Eféso e Pamukkale estão no meu roteiro.

    abraços

  13. ANA IZABEL MOREIRA

    OI THAIS,
    ADOREI SEU BLOG E SUA EXPERIENCIA NA TURQUIA. ESTIVE EM OUT/12 EM KUSADASI E TAMBEM VISITEI EFESO ACHEI MUITO INTERESSANTE. A SUPOSTA CASA DA VIRGEM TBM NAO VI NADA DE INTERESSANTE. QUERIA TER VISITADO AS PISCINAS DE PAMUKKALE E A CAPADOCIA, POREM ESTAVA NUM CRUZEIRO MARITIMO PELAS ILHAS GREGAS E NAO DEU PARA FAZER ESTAS VISITAS, MAS QUERO VOLTAR A TURQUIA E VISITAR ESTES LUGARES. FALANDO EM VIAGENS EU ACHO QUE TODOS DEVEM TAMBEM FAZER ESTA VIAGEM PELOS MARES ADRIATICO E MEDITERANEO, ONDE VISITEI MUITAS ILHAS GREGAS , ALEM DA CROACIA E TURQUIA, SEM CONTAR A COSTA ITALIANA- VENEZA É MARAVILHOSA, A COSTA MALFITANA – ATENAS – NAPOLIS,- SANTORINI – POMPEIA – TUDO DE BOM – RECOMENDO APRA QUEM GOSTA DE VIAJAR. ESTIVE 12 DIAS NO NAVIO COM COMIDA , CAMA E DIVERSOES OTIMAS.ESTA É MINHA EXPERIENCIA E SUGESTAO PARA QUEM VISITA SEU BLOG.
    BJAO

    • Olá, Ana! Obrigada pelo comentário. Que delícia o roteiro que você fez! Me arrependo profundamente de não ter ido para a Capadócia :( Tenho na minha wishlist conhecer a Croácia. Obrigada também por compartilhar sua experiência aqui no blog. Beijos

  14. Oi Thais, nosso cruzeiro tem um desembarque em Izmir em Janeiro 12, depois de passar por Olympia (ruinas), Atenas (Ruinas) e depois de passar 7dias em Roma (que tbem tem uma pá de ruinas). Izmir tem atrações para passarmos o dia por lá, ou Efeso é o que tem de imperdível na região? Um dia apenas…das 0800 as 1800hs…O que sugere?
    Abc
    Leo

    • Olá, Leo! Que bacana seu roteiro. Eu só passei por Izmir para ir até Éfeso. Dei uma pesquisada e vi que não há muita coisa para se fazer por lá e acho que Éfeso, mesmo estando a 89 km de lá, é o ponto mais interessante. Porém, é uma cidade litorânea e se não estiver mais no clima de ver ruínas, daria pra pelo menos descansar à beira do Mediterrâneo. Não gosto muito de ruínas, mas achei as de Atenas, Roma e Éfeso interessantes. Um abraço.

  15. Karynne A Butelli

    Oi Thais!

    Parabens pelo Blog!

    Estamos planejando ir agora em março de 2013. SOube que na Turquia ainda estará frio, mas vc saberia dizer quais meses eh mais propicio ver as piscinas de Pamukkale? Tb estou vendo um cruzeiro p Grecia saindo de Kusadasi e voltando para lá. Vi os voos de Izmir para Istambul, queria saber se é tranquilo fechar esse voo daki pela Viajanet e lá do Hotel pegar um taxi para o Aeroporto de Izmir, ou se lá é tudo longe e vale a pena ver esse transfer daki. Já estou colocando o voo bem tarde para n ter problema com isso, de Istambul voltamos para o Rio.
    Na Grecia parece que em março já tem um solzinho e à noite fica fresco. Mas la n eh mulçumano e podemos usar roupas normais né? Na Turquia que vale a pena ir mais vestida e usar os lenços na cabeça, é isso?

    OBRIGADA E FELIZ 2013 para vc e familia!!! OTIMAS VIAGENS rs!!!

    Karyne

    • Olá Karynne! Bem-vinda ao blog! Em relação à Pamukkale, creio que não haja restrição por causa do clima, visto que mesmo que esteja frio, você poderá visitar e ver a beleza do local. A única coisa que não dará pra fazer é se molhar por lá, o que é bem fácil de evitar. Não conheço esse Viajanet que você citou. Sempre que necessário compro passagens pela internet direto da cia aérea. De Kusadasi à Izmir são quase 100km, creio que o táxi saia bem caro, mas se estiver disposta, acho que não haverão problemas.Eu preferiria o transfer, pois por lá tivemos dificuldades de encontrar taxistas com um nível básico de conversação em inglês. Na Grécia você se sentirá como no Rio em relação ao jeito de se vestir e na Turquia é melhor cuidar com as roupas para que não se sinta tão constrangida. Lenço na cabeça apenas para entrar em algumas mesquitas, na rua não é necessário. Espero ter ajudado e desejo um excelente 2013 pra vc também.

      • Karynne A Butelli

        Oi Thais! Oi tt mundo rs!

        Viajamos para Turquia 17/03/13, ficamos um dia em Roma e seguimos para Istambul, Capadócia, Pamukkale, Éfesus e Kusadasi! 8 dias. Depois 3 em Atenas e mais 3 noites de cruzeiro pelas ilhas gregas. FOI A MELHOR VIAGEM DA MINHA VIDA!!!!!! Consegui fechar tudo pela net, peguei seu conselho de não ir por conta própria para Capadócia pq realmente não vi um taxi, quiçá bus. Acho que foi vc quem escreveu isso (e repito sempre rs) que lá não se vê nem placa em inglês escrito Aeroporto! Não sei como vcs conseguiram alugar carro e andar (Gps eu sei) mas só por ter passado pela avetura de fazer mímica da palavra MILK pq nem isso sabiam lá no interiorzão, ficaria com medo de alugar carro. De tanto fuçar na net achei uma empresa turca bem legal que fechou exatemnte o que eu queria, o receptivo do aeroporto em Kayseri para Capadócia e de lá para Pamukkale, èfesus e Kusadasi. Nos deixaram no aerporto de Izmir, que fomos para Atenas. Foi maravilhoso, até o preço bom! Achei essa agência justamente fuçando, voo de balão que all paga uns 160 euros eu consegui por até 120 euros, dependendo da estação do ano. Consegui por menos, barganhei desde o Brasil rsrsrsrsrs, eles gostaram tanto de mim que até me convidaram para trabalhar com eles, lá inclsuive , mas n compensaria os gastos. Então quem quiser fechar algum orçamento e passeio de balão mais em conta PODE FALAR COMIGO kkkkk, realizar o antigo sonho de ir à Turquia não só despertou meu lado turco até então desconhecido (a arte de barganhar) como lá a gente aprende no primeiro dia e vira um psicopata na barganha kkkkk (nem eu me reconheci, os turcos ficava chocados comigo rs) Logo eu que tinha meu negocio e nunca gostei q barganhassem comigo e por isso nunca barganhei com ninguem, lá algo ativou em mim kkkkkkk.
        ENTÂO ficou algo bem legal o gato de eu ter ido e agora daki poder ajudar as pessoas que queiram ir e economizar e eu a ganhar uma comissãozinha…quem quiser pode entrar em contato comigo: karynneabutelli@hotmail.com

        Pegamos mto frio final de março lá que já era primavera! Na Capadócia então nevou !!! Nosso voo de balão foi cancelado e graças a Deus e a São Jorge que aprendi a ser devota lá, conseguimos no nosso ultimo dia a realizar esse sonho. E foram simplemsente 4 horas de mta determinação do piloto português, que apaixonado pelo balonismo e pela Capadócia, fez questão de fazer aquele voo acontecer…Enchia o balão, aí vinha o vento…esperava…mudava de lugar…lá iamos nós…MAS graças a Deus deu td certo!!!! Infelizmente menos de 2 meses depois teve aquele acidente com as 3 amigas brasileiras…Mas eh algo mto raro!

        Quem aki perguntou se EFESUS valia a pena, se puder dar minha humilde opinião, digo que sim! A menos que a pessoa n goste de historia, ruinas…Pq cada lugar eh diferente…Roma eh uma coisa, Atenas é outra…e Efesus outra! Acho que vale a pena, eu talvez até fosse uma segunda vez (pq amei) mas uma vez basta sim.
        Eu não vejo a hora de ir de novo na Turquia e dessa vez não pegaria voo, faria tudo de BUS pa AMEIIIIII as paradas das estradas. SIM eh cansativo, mas p gente q adora comprar uma pashimina e coisinhas exoticas, vai fazer a festa! Td lindo e barato. Compramos spray de ROSAS (para ambiente), colonia…infinitamente mais barato e o cheiro maravilhoso…As pashiminas idem, dá até vontade de trazer aos montes para montar uma TENDA kkkkkkkkkk. Pode parecer fútil mas eu sou mulher, e latina, logo a little bit consumista rsrsrsrsrsrrss e amooooo coisas exóticas, tive vontade de comprar tudo mesmo rs. Comprei um dedal cheio de pedrinhas turquesas, a coisa mais linda, com toque de império otomano, realeza n sei, por 1 turca lira! COMO ASSIM rs.

        PAMUKKALE vi água! Acho que minha fé era tanta kkkk, só n podia entrar, nadar, sentar, mergulhar sei lá, Mas andei, levantei a saia rs…nesse dia tava mais quente, 20 graus e tirei fotos lindas! E fui a unica da van que entrou no Banho da Cleópatra, que foi a coisa mais deliciosa do mundo! Lá atrás do Pamukkale mesmo, os castelos de algodao. Aquele piscina de agua alcalina, quente, saindo fumaça quase, cheiiiiiia de pedrinhas no chão…ao ar livre, água limpisa, translucida, verde…Minha mãe chorou de emoção de me ver lá que nem pinto no lixo! Eu sei que chorei várias vezes na viagem: A primeira foi na Mesquita azul. Que coisa mais linda!!!!! Foi um soco no estômago de tanta emoção, indescritível….Depois na Capadócia só de ver um balão ao longe, a caminho do nosso tão aguardado voo. Depois andando de CAMELO perto do Goreme Open Air Museum, nas Chaminés de Fada, vulgo falos kkkkkkkk, que por sinal logo atrás eh o local de nascimento de SÂO JORGE!!!!! Ninguem fala nadaaaaa, vc q liga o cré com o cré e descobre a pólvora que aquilo q parece uma igreja é aonde o Santo Guerreiro Nasceu…eu só descobri depois, na volta, vendo a Novela Salve Jorge! Nessas horas faz falta um guia português…Os nossos foram inglês o tempo todo e só um que falava espanhol tb.

        O ultimo choro que na verdade nao foi choro mas uma emoção fortissima com direito à letargia e disritimia ffoi na ilha de PATMOS entrar na caverna do Apocalipse e tocar no teto na rocha daonde saiu a voz de Deus!!!! Posso dizer que saí de lá diferente…e fiquei um mês naquela vibe zen…

      • Karynne, que bacana! Muito obrigada por ter voltado aqui e contado como foi a sua viagem. Fico super curiosa de saber como tudo aconteceu :) Seu relato foi maravilhoso. Agradeço mesmo! E desejo que venham muitas mais viagens para vc compartilhar conosco.

      • Karynne A Butelli

        Que venham Muiiito mais viagens para todos nós. Amém !!!!

      • Karynne A Butelli

        PS: Na Capadócia, primavera, final de março, pegamos 4 graus negativos!!!!! ENFIM voltaria só no calor, dizem que agosto é mais quente, então se julho, julho fosse mais ameno, iria nesses meses!
        Acabou que n tive um problema em “que roupa usar” pq só usei casacão e sobretudo! Só Na Grécia que já deu para usar vestidos, saiões e roupas mais lights!

      • Fomos em agosto e o calor tava de arrebentar. Cheguei a passar mal em Pamukkale. Pelo seu relato acho que junho seria um meio termo, rs

  16. Paula

    Oi Thais! Parabéns pelo blog, estou viajando para a Turquia semana que vem mas não consegui programar muito ainda as minhas coisas.rs. Vamos ficar do dia 31 de março( chegando cedo em istambul) ao dia 07 de abril( saindo cedo de istambul). A ideia era passar dia 31, 01 e 02 em Istambul, dia 03 e 04 em Izmir/Efesos e Pamukkale, e dia 05 e 06 Capadocia! Minha duvida – a parte de istambul nao vamos contratar agencia, vamos fazer por nos mesmos ( eu e meu irmao) mas para este outro trecho voce acha que vale a pena contratarmos? Se fossemos fazer sozinhos, como voce indicaria ir de Istambul para Izmir?E de Izmir, conseguimos chegar a Efesos sozinhos, passear pela casa da Virgem Maria, templo de Artemis, caminhando, e depois voltar para Izmir? Ai a ideia seria dormir em Izmir e no outro dia fazer pamukkale, sabe se tem onibus direto, ou seria melhor ir de efesos para kusadasi, pernoitar o dia 03 por lá e acordar e seguir para pamukale dia 04? de pamukale voce tem nocao de como seria para chegar até Goreme( capadocia?) Muito obrigada, estamos ainda um pouco perdidos! rs

    • Olá, Paula! Istambul realmente não precisa de agência. Com mapa em mãos e passe de transporte público é muito fácil andar por lá, pois as áreas turísticas são bem acessíveis.Eu acho que vale a pena contratar agência, pois essas outras regiões são mais para o interior e talvez não seja tão fácil se virar. Mas, já tive relatos aqui no blog de pessoas que fizeram por conta e deu tudo certo. Izmir é longe de Istambul e caso opte por ônibus, é melhor que seja noturno para não perder um dia. Outra opção é avião (Atlasjet é uma companhia que faz o trecho). Não acredito que seja possível ir caminhando até Efesos e nem demais pontos pois eles não são tão próximos. Como fui com pacote pela One Nation Tour, não sei te informar sobre ônibus por lá. Não fui pra Capadócia, mas sei que é longe e a melhor maneira seria de avião. Como a viagem já está chegando, acho que seria melhor você contatar alguma agência e ver as opções. Sairá um pouquinho mais caro, mas pelo menos não terã surpresas. Espero que tenha uma excelente viagem!

      • Ivy

        Estive em Istambul em Janeiro fiquei em Sultanameth. Perfeito. Amei o hotel!!! que ficava do lado de tudo. Numa rua ao lado entrei numa agência e contratei eles pra me levarem em todasas mesquitas e no topkapi, achei mais prático pq se fosse pegar fila, pg entrada e transporte sairia qse o mesmo valor. Pg 60 euros pra passar um dia nisto. Valeu a pena pq a guia explicava tudo. o topkapi é gigantesco!
        desisti de ir a Éphesus pq chovia e tinha que pegar transfer, aviãi e outro transfer e depois dormir em Kadasasi pra fazer a volta no outro dia. Optei ir com o pessoal q foi comigo a Yalova que é na turquia asiática e fomos sozinhos. basta pegar um barco e atravessar o marmara. Bem simples ,mas no 0º eu tomei banho na piscinae ainda tomei banho turco. F
        oi demais!!! A Turquia é incrível.

      • Olá, Ivy! Muito obrigada por compartilhar conosco como foi sua viagem. Adoro quando voltam para me contar como as coisas aconteceram e essa é a riqueza do blog :)

      • Ivy

        Olá querida, foi maravilhoso. Amei Istambul. Só deu tempo de ir a Istambul e a Yalova. Desisti de Ephesus pq eram só 4 dias e 4 dias a gente gasta em Istambul. Atravessei o Marmara e passei um dia em Yalova, nas termas de Yalova que ficam na Turquia Asiática. As fotos estão no meu blog. gde beijo

      • Paula

        Obrigada Thais!!! Vou fazer isso sim, inclusive até já entrei em contato com a one nation :) assim que eu voltar digo como foi a experiência!
        beijos!

  17. Nicinha

    Oi Thais…estou indo para istambul no começo de maio e de la pego voo para izmir,mas estou na duvida se fico por la p ir a Éfeso e depois pamukkale ou se fico em kusadasi e de la parto para estas cidades.vou chegar de madrugada em izmir,pode me ajudar?
    Amei seu blog

    • Oi, Nicinha! Bem-vinda ao blog! Você já sabe como irá a Éfeso? Como chegará de madrugada em Izmir, o melhor seria dormir por lá mesmo, até para descansar um pouco visto que Kusadasi fica há 100 km de lá. O bom de Kusadasi é que é uma cidade bem mais turística e tem mais coisas pra fazer.Se encaixar em seus planos, o ideal seria ficar em Izmir no primeiro dia e no outro ficar em Kusadasi, visto que é muito corrido fazer Pamukkale e Éfeso no mesmo dia.

  18. cristiano faria

    VOU A TURQUIA EM AGOSTO DE 2013 12 DIAS É CALOR NESTE MÊS O QUE USAR DURANTE A VIAGEM ROUPAS MASCULINAS O QUE LEVAR É MELHOR COMPRAR LIRA TURCA . QUERO UMAS DICAS DE LÁ .OBRIGADO

  19. Karynne A Butelli

    Se puder me meter, Cristiano, faça VTM e não hesite em fazer um extra (paguei 10 reais por esse sobressalente e posso te dizer: foram 10 reais que SALVARAM NOSSA VIAGEM!!!!!). Na Turquia a máquininha não é que nem a daki que avisa, apita, manda sei lá vc tirar o cartão. Tava numa situação de estress, estávamos indo pegar o BUS para Pamukkale e era domingo, a agência desse nosso receptivo estava fechada, pediram p eu sacar os 500 euros restantes na máquina e dar para o Guia, tava preocupada na hora com as malas, minha mãe q n falava um ai em inglês e o guia, os dois enfrente a mim tirando o dinheiro, e na ânsia de sar logo o $ para ele que estava com pressa e a gente tb por conta do bus, saquei e contei o $, esquecendo TOTALEMNTE de retirar o cartão, que pelo visto saiu silenciosamente e lá ficou. Estava numa lanchonete qdo LEMBREI do cartão e lá fui eu, que para nossa segurança o caixa ENGOLE o cartão para a pessoa no dia seguinte, qdo a ag~encia abrir, pegar o cartão. MAS eu estava em transição, como td viajente não fica mto tempo em cada lugar e se fosse o caso de pedir uma SEGUNDA via, viria em uns 3 dias úteis! OU SEJA< se eu nao tivesse a FORÇA rs, o CARTÂO extra, aquelas BENDITOS e melhores pagos 10 reais da minha vida, NÂO TERIA o VTM para pagar o restante da viagem, pois levamos TUDO nele! Até usamos o cartão do banco ITAU para fazer compras à vista, que por sinal eu via, escolhia DEBITO em vez de credito e só aki soubemos que NA TURQUIA nao existe DEBITO no cartão do ITAU, mesmo te dando a opção de DEBITO à Credito, VC IRÀ PAGAR IOF! Nem preciso falar q chegando aki deu o maior estress isso pq feririam o Princiipio da Transparencia, nao ia ser a gente que ia levar o Prejuizo se o Banco, a gerente, quem entramos em contato SOLICITANDO a liberação da função DEBITO e SAQUE, e que não nos informaram isso..ENFIM levou uns 2 meses mas resolvemos, a sorte eh que tínhamos todos os papelzinhos de lá que comprovavam que pagamos em DEBITO. E outro problema foi que a função SAQUE nao funcionou, só o debito…Entao se só tivesse uma via de VTM, imagina!!!!! Se a função debito resolvesse nao funcionar, iamos passar fome indeed!!!!

  20. Karynne A Butelli

    Função debito do cartão do Itau, i mean…

  21. Karynne A Butelli

    PS2: Cartão de banco mesmo , da conta corrente do Itau. Vc paga pouquinho por cada uso, saque…infinitamente menor que o juuos do cartão de credito!

  22. Adelaide Rossini de Jesus

    Estamos indo para a Turquia no dia 16/10/13 e voltamos em 25/10/13.
    Istambul, Ankara Capadócia, Konia Pamukale, Éfeso, Kusadasi, Bursa, Istambul. Qual seria a temperatura nesse período? São previstas chuvas?
    Seria interessante alugar um carro na Capadócia?
    Agradecemos a quem nos puder ajudar.
    Cordialmente
    Beto e Adel

    • Oi Adel e Beto! Infelizmente só vi hoje seu comentário e você já deve estar em terras turcas. Espero que aproveitem muito!

    • Karynne A Butelli

      Também só apareceu hoje no meu email esses 2 posts. TOMARA que ela tenha lido o que eu li antes de viajar para a Turquia, que alugar carro na Capadócia é complicado…nâo ha uma sinalização em ingles e realmente transeuntes locais só falam turco. Penso que é que nem no Brasil, mesmo dirigindo com GPS se vc se perde, eh contar com a sorte achar alguem que fale ingles na rua…Percebi que aqui no Rio ali entrando no tunel que dá no Pão de Açucar, nada é escrito em ingles! Podia ter um Sugar Loaf ao menos!!! ENFIM imagina na Capadócia, que literalmente é o fim do mundo…é uma sensação de estar sozinho, isolado…Mto mais seguro ter um receptivo para te levar nos locais, contar a historia…e otimizar seu tempo. Tanto que fiquei lá 2 noites e 3 dias e deu!

      • Tomara mesmo, Karynne! Eu também só confio no GPS em países mais avançados tecnologicamente, rsrsr. Na Turquia minha recomendação é sempre por agência, apesar de já ter tido alguns relatos aqui de pessoas que fizeram tudo por conta própria e deu certo.

  23. Ewa Senna

    Oi Taís, adorei quando vi seu blog. com tantas experiencias sobre a Turquia. Estamos planejando uma viagem à Turquia em maio . Estamos contratando uma excursao aqui no Brasil mas estamos querendo baratear um pouco a viagem. Gostaríamos de saber se fizéssemos a excursao até Izmir, seria fácil chegar a Kusadasi por conta propria para pegarmos um cruzeiro. O que vc acha?

    • Olá, Ewa! Acho que é possível sim chegar por conta própria até Kusadasi pois Izmir é o aeroporto mais próximo e assim deve contar com várias opções. Pensa em ir de carro ou contratar um serviço? Se for alugar carro, acho que GPS é imprescindível . Tenho certeza de que irá amar a Turquia. Um abraço!

      • Karynne A Butelli

        Por que em vez de pegar excursão daki já que pelo visto vc fala inglês (se pensou em ir por conta própria até Kusadasi) você não pega um Receptivo turco local?? Eu fiz isso daqui já e só tenho a elogiar a empresa turca que fiz tudo. O atendente agora trabalha por conta própria e ele, Huseyin, é excepcional !!! Foi capaz de ligar para a RODOVIÁRIAAAA numa cidadezinha depois da Capadócia (que eu ia pegar o bus para Pamukkale) para saber se estava tudo bem!!! Nem acreditei, como assim! Eu lá sentada esperando o BUS e o moço do guichê me chamando pelo nome rsrsrsrs. Isso pq o Huseyin te responde TODOS os emails com a velocidade do relâmpago (Ficava perguntando se ele não dormia rsrsrs, isso na Agência que ele trabalhava, imagina agora por conta própria de casa. Inclusive agora deve ser até mais barato com ele pq antes rolava a comissão na agência né), te passa TODAS as informações, incansável mesmo. Nossa viagem foi um sucesso por conta desse Receptivo, desde a Capadócia até Kusadasi. Você faz seu roteiro e pede para ele o orçamento, simples assim, e BEM mais barato do que uma excursão daqui do Brasil, tanto que ainda coloquei Grécia e cruzeiro de 3 dias pelas Ilhas Gregas (17 dias de viagem, 8 na Turquia e 1 em Roma, que já conhecia e fiz o stop de 24 horas free) PELO mesmo preço que uma excursão de 8 dias na Turquia!
        Não tenha dúvidas, faça seu orçamento com o Huseyin no Trouble Free Holidays !

        PS: Alugar carro eu acho muita aventura, no interior da Turquia NINGUEM fala ingles nas ruas nem nas paradas de ônibus e quando falam é o básico do básico, e como li aqui antes e vi lá não tem uma placa em inglês nas estradas…nem de “Aeroporto”. Eu já me perdi com GPS, não confio não!!!

      • Obrigada Karynne! Nada como quem passou pela situação para ajudar. E o melhor é a indicação da agência testada e aprovada. Muito, muito obrigada. Ewa, mais uma dica pra vc!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s