Preparativos para Egito, Grécia e Turquia – planejamento

Se tem uma coisa que sempre faço é mal voltar de férias e já estar pensando nas próximas. Encaro isso como algo positivo, pois é o que nos permite sonhar e viajar cada vez mais longe. E não foi diferente quando voltávamos de férias do Canadá em 2009…

Voltamos pensando se seria possível fazermos mais uma viagem dos sonhos, mais dessa vez os planos eram mais ousados : visitar 3 continentes de uma vez só.

E lá fomos nós, unir nossa vontade de conhecer as pirâmides no Egito, visitar um lugar chamado Pamukkale na Turquia e visitar as tão faladas Ilhas Gregas. O porquê destes destinos? Bem, o Egito dispensa comentários. A Turquia entrou no roteiro pois uma vez recebemos um e-mail destes que a gente sempre recebe com belas paisagens, e achamos que o tal do Pamukkale era lindo demais. Lembro-me perfeitamente de neste dia ter dito: um dia vou pra lá! E a Grécia? Ah! Tem coisa mais chique do que visitar as Ihas Gregas?rs.

Sonho 1

Sonho 2

Sonho 3

Não adianta nada sonhar e não fazer nada. Desembarcamos do Canadá e já pedi uma cotação de passagem para a Fernanda da Interlaken Turismo para saber se estávamos sonhando alto demais…. quando recebi a resposta com o preço, percebi que mais esse destino seria possível.

Estávamos em junho de 2009 , mas já pensamos que queríamos viajar em agosto de 2010, pois além de visitar estes 3 países, queríamos aproveitar e ir ao casamento de nossa amiga Sabrina, que mora na Alemanha 🙂

Até então, tudo estava bem indefinido…. mas pelo menos sabíamos pra onde ir e já começamos a comentar com nossos amigos pra ver se alguém tinha alguma dica para nos dar .E não é que em uma conversa, encontramos dois parceiros para a viagem? A Tati e o Luciano toparam o convite e decidiram ir juntos! Opa, mais gente para o projeto dos 3 continentes!

Ok, ok, hora de ver como planejamos tudo…..vamos por partes:

Parte 1 – definição da data do casamento da Sabrina.

Hahaha… tínhamos certeza que queríamos muito participar do casamento da Sabrina com o Martin e também voltar à Alemanha. A data do casamento era imprescindível para comprarmos as passagens e fecharmos o roteiro. Porém, um casamento envolve uma série de coisas e o da Sabrina não foi diferente. Só tivemos a definição da data em Maio/2010. Lembro-me da Sabrina mandando um scrap no orkut com a data do casório: 21/08/2010.

Parte 2 – compra das passagens overseas

Eu e o Loedi tínhamos 30 dias de férias. Luciano e Tati tinham 15. Sendo assim, desde o início já sabíamos que a viagem de ida e de volta não seria no mesmo vôo.

As 3 capitais pelas quais poderíamos começar a viagem eram:

Cairo – sem vôo direto do Brasil

Atenas – sem vôo direto do Brasil

Istambul – com vôo direto do Brasil pela Turkish Airlines

Os preços para os 4 lugares não variavam muito: 1400 dólares. Nossa primeira dúvida foi: por onde começar e por onde terminar?

Eu particularmente queria deixar a Grécia por último, pois era o lugar que tinha maior expectativa. Sabe aquela história de deixar o mais gostoso pro final? Porém, como a viagem era em grupo, tudo tivemos que decidir em consenso.

No final das contas, todos concordamos com a ideia pois além da questão expectativa, como eles tinham menos tempo de férias, a opção para a Grécia seria um cruzeiro pelas ilhas – algo que não estava em nossos planos.

Uma das questões estava respondida, faltava apenas saber por onde começar…

Pensamento Thaís e Loedi: como vamos para o casamento da Sabrina no final da viagem, é melhor optarmos por um voo direto da Alemanha, no caso – Frankfurt.

Pensamento Tati e Luciano (eu acho, rs): como o preço da Turkish está melhor com a cotação que fizeram, é melhor pegar um vôo direto na ida e com conexão na volta.

E assim fechamos as passagens: nós indo para Istambul pela TAM com conexão em Frankfurt e voltando direto de lá para o Brasil, e eles indo direto para Istambul com a Turkish e voltando com conexão para o Brasil.

Para aproveitar ao máximo, compramos as passagens saindo na sexta-feira do Brasil…

Parte 3 – definição do roteiro

Uma vez que já tínhamos data de ida e volta definida, chega o momento de decidir o roteiro. Quem nos ajudou neste momento? Internet… mais uma vez.

Nessa parte do planejamento é fundamental saber quais as atrações que existem no lugar para onde você está indo e quais você não abre mão de visitar. Ainda mais nesse plano, que envolvia 3 países e 3 continentes.

E uma dica aqui é: vá sempre do mais fácil para o mais difícil…. como assim? Por exemplo, é muito mais fácil você achar dicas das Ilhas Gregas – destino famoso – do que de Pamukkale – muitas pessoas nem sabem do que se trata.

Então resolva tudo que é fácil primeiro e deixe o mais complicado para depois…

Seguindo este passo, lá fomos nós:

Ilhas Gregas – 7 dias.

Atenas – 2 dias.

Cairo – 3 dias.

Istambul – 3 dias.

Pamukkale e Éfeso – 2 dias

E, para nós, mais 4 dias na Alemanha.

Viagem 2010 – link para a planilha

Pedacinho de nossa super planilha de planejamento

Mas ainda tinha outro passo importante… dentre as mais de 200 ilhas gregas, quais devíamos visitar? Eita pergunta difícil…..

Foram alguns dias de exaustivas pesquisas para nos decidirmos por: Rhodes – por toda sua história, Santorini – pelas famosas paisagens de casinhas brancas, Mykonos – por ser o point das ilhas, e Milos – considerada por muitos dos internautas como a mais linda das ilhas…

Mas não era só isso… ainda tínhamos que saber se existia transporte entre estas ilhas, quais seriam os horários de barcos, se tinha avião, qual a melhor ordem de visitação, etc, etc e etc. Resumindo: investimos nesta parte 15 dias de planejamento…

E assim seguimos….

Uma coisa que sempre me perguntam é: como que você faz para decidir esta parte? A resposta que sempre dou é que sou maria-vai-com-as-outras neste sentido. Mas levo em conta muuuuuuuitas “Marias” do orkut, principalmente a comunidade “Dicas Imperdíveis de Viagens”.

O que geralmente faço é ler todas as mensagens do tópico e “filtrar” as informações de acordo com meus interesses. Confio muito na opinião de quem escreve por lá e nunca me dei mal por isso… Além do orkut, pesquiso no Trip Advisor, no Mochileiros.com, nos guias on-line das cidades que acho no Google.

Não gosto muito destes guias impressos, pois acho que eles indicam muitos lugares que só vão turistas… Prefiro fazer viagens mais autênticas.

Parte 4 – como se deslocar de um lugar para outro

Capitais:

Após a definição do roteiro, partimos para a compra de passagens aéreas entre os locais escolhidos. Fizemos pela internet os seguintes trechos aéreos:

– Istambul – Cairo – pela Turkish Airlines

– Cairo – Atenas – pela Aegean Airlines.

Pamukkale e Éfeso:

Pamukkale fica a mais ou menos 500 km de Istambul… para irmos para lá tivemos que gastar um valor alto pois ficamos com medo de ir por conta  porque é um lugar no interior da Turquia, com placas em turco e sabe-se lá se algum ser fala inglês… preferimos não arriscar e fechar um pacote com a OneNation Tours ( pagamos metade através de cartão de crédito aqui no Brasil e o restante lá) – valor: 350 euros por pessoa com tudo incluso, inclusive aéreo.

Ilhas Gregas:

Nossa locomoção entre as ilhas

Compramos alguns trechos aéreos pela Internet e os bilhetes de ferries também foram comprados online pelos sites da Blue Star, Seajets e Hellenic Seaways.

Parte 5 – onde se hospedar?

O principal fator para escolher hotel nesta viagem com certeza era localização. Imagina ter que se virar em subúrbios com placas em turco, árabe e grego? No way…

Sendo assim, pesquisamos um monte e fechamos os hotéis assim:

Istambul: fechamos com a mesma agência que nos vendeu o pacote para Pamukkale – hotel Q-Inn. Localização: Sultanahmet – pertinho de tudo. Só pagamos lá – valor: 80 euros a diária.

Cairo: conforme recomendações, preferimos ficar na área turística, em Gizé – hotel Mercure Le Sphinx. Fizemos pagamento adiantado pela Internet – valor: 112 dólares a diária

Atenas: ficamos perto de uma estação de Metrô, no hotel Novotel. Próximo a supermercados, padarias… Pegamos uma tarifa super boa pela Internet – 69 euros a diária.

Ilhas Gregas: aqui o buraco foi mais embaixo.. rsrrs as indicações que achamos em nossas pesquisas eram caras. Arriscamos e fomos pelos comentários do site Booking.com (que hoje em dia é nosso favorito graças às barbadas que encontramos para esta viagem) para nos hospedarmos em locais baratos (ou melhor, menos caros)

Rhodes – Hotel Nathalie, 40 euros a diária.

Santorini – Pension George, 70 euros a diária.

Milos- Dyonisis Hotel, 75 euros a diária

Mykonos – Andriani’s Guest House, 100 euros a diária

Parte 6 – que dinheiro levar?

Como passaríamos por 3 diferentes continentes, optamos mais uma vez por fazer o VTM – Visa Travel Money que permite realizar saques em moeda local.

Levamos alguns euros em espécie para garantir.

Além disso, levamos nosso cartão do banco que permite saques internacionais.

Parte 7 – vistos,vacinas, seguros

De todos os lugares que passaríamos, apenas o Egito solicita visto para brasileiros e que, inclusive, pode ser emitido lá no aeroporto do Cairo mesmo.

Preferimos não arriscar e pedimos o visto aqui no Brasil. Mandamos os documentos necessários para o Consulado do Egito em Brasília e em menos de 15 dias estávamos com os vistos em mãos. Custou 80 reais.

Visto em mãos!

Para tirar o visto é necessário o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela. Tomamos a vacina de graça num posto de saúde aqui de Curitiba. Prepare-se, a danadinha é dolorida 😉

Para viajar para países da Comunidade Europeia, é necessário seguro com cobertura do Tratado de Schengen. Como compramos nossas passagens com o cartão de crédito, tivemos a apólice de seguro gratuitamente…

Considerações gerais:

O que aprendemos com esses planos? Muita coisa! Mas, principalmente que dá trabalho você querer ir para lugares que fujam dos mais comuns. O importante é que conseguir fazer tudo isso acontecer, e ainda por cima ser maravilhoso, é a melhor recompensa.

Acompanhe nos próximos posts o desenrolar da viagem aos 3 continentes!

Anúncios

30 Comentários

Arquivado em África, Europa, Grécia, Turquia - Éfeso, Pamukkale e Kusadasi, Turquia - Istambul

30 Respostas para “Preparativos para Egito, Grécia e Turquia – planejamento

  1. Roberta Cardinali

    Thais,
    Como vc fizeram os deslocamentos pelas ilhas gregas? Cruzeiro ou aereo?
    Atenas valeu os 2 dias?
    bjo
    Roberta

    • Roberta, nem cogitei a ideia de cruzeiro por causa do preço, da falta de liberdade e de que tenho pânico de ficar presa em um navio por muito tempo. Dessa forma, fizemos tudo por conta e da seguinte maneira:

      – Atenas – Rhodes de avião
      – Rhodes – Santorini de navio
      – Santorini – Milos de navio e voltamos para Santorini onde pegamos um voo para Mykonos.

      Eu achei suficiente dois dias em Atenas, mas poderia ter sido apenas 1, pois no segundo mais descansamos do que passeamos.

  2. Priscila Meine

    Adorei a sua planilha assim como a viagem…poderia me enviar??obriga!!

  3. Daniel

    Poderia me enviar a planilha também?

  4. Daniela

    Thaís, bom dia!!! Adorei sua planilha… pretendo ir a Miami-Orlando agora em setembro, e ela seria de grande ajuda pra mim… teria como envia-la??? Meu email: daniela.andrade@gmail.com
    Muito obrigada!

  5. Jônia Castro

    Oi Thaís

    Eu e uma amiga estamos nos aventurando numa viagem pela Grécia e Turquia em setembro. Sua dicas foram muito boas para nós, que estamos partindo do zero…
    Você poderia nos enviar a sua planilha de viagem? Seria muito valiosa para nós!
    Muito obrigada!

  6. sione

    ADOREI AS DICAS,PRETENDO IR EM JUNHO/14 à GRÉCIA , TURQUIA E EGITO,sera que rola ir sem pacote de agencia?? Deu tudo certo na viagem de vcs? ahh tambem achei super planilha MARA!!

    • Olá Sione! Com certeza rola sim! Basta se planejar bem para que tudo dê certo. Você tem o tempo a seu favor e isso conta muito. O único lugar desse seu roteiro que precisa cuidar mais é com o Egito, mas mesmo assim no final das contas é tranquilo. Conte comigo para a ajuda que precisar.

  7. Aline

    Ola Thais,
    Parabens pelo blog, gostei muito.
    Tenho sonho de fazer esta viagem, voce poderia me enviar a sua planilha com os preços para me planejar financeiramente.
    Obrigada.
    Aline.

  8. ALESSANDRA nOGUEIRA

    Olá Thaís. Também estou planejando uma viagem Grécia-Turquia e Egito para Julho agora. Poderia me mandar as sua planilha e depois trocar umas ideias? Obrigada Alessandra

  9. Cristiane Borlini

    Oi Thaís, Parabéns pelo site! Está me ajudando muito a planejar a próxima viagem, estamos querendo ir para Egito e Grécia.
    Você poderia me enviar um modelo dessa planilha que você cita no post? Meu e-mail: cristianeborlini@gmail.com

    Obrigada!!
    Cristiane

  10. danielle

    Vc poderia enviar essa planilha para mim?
    daniderito@hotmail.com
    Obrigada!

  11. Silvana Furiski

    Olá Thais,
    Estou pensando em fazer essa viagem, tb sou de curitiba, com qual agência vc fechou tudo, e qual foi o custo . Vc pode enviar a sua planilha. Adorei as dicas. Obrigada

  12. Nichelle

    podes me enviar o modelo da planilha? obrigada! nichelle_zapelini@hotmail.com

  13. Cristiane

    Olá, queria maiores detalhes sobre como foi a viagem e locomoção para Pamukkale. Você se referiu a Instambul, você foi do Brasil para Istambul e de lá pegou esse pacote para Pamukkale? Nesse valor de 350 euros o que estava incluso? E na volta para o Brasil, você voltou por onde? Abs

    • Olá Cristiane! Não sei porque seu comentário só apareceu hoje para mim 😦 O pacote para Pamukkale comprei direto de Istambul sim e nesse valor estava inclusa a passagem aérea ida e volta para Izmir, hotel em Kusadasi e os passeios para Éfeso e Pamukkale. Além da Turquia, fui para a Grécia, Egito e Alemanha na mesma viagem. Voltamos por Frankfurt.

  14. sabrina

    Bom dia, como vai? pesquisando na net sobre viagem ao Egito, Grécia e Turquia, que quero fazer com meu marido e minha filha de 3 anos em 2018 e me deparei com seu blog. Pode me enviar a planilha?

  15. Denise

    Boa tarde, adorei suas dicas! Estamos nos planejando para realizar este roteiro em 2018, tenho um filho de 8 anos e um de 3 anos. Pela sua experiência da viagem, você acha que a é interessante levar crianças desta idade? Grata pela atenção!

    • Olá Denise! Que delícia planejar essa viagem para o próximo ano. Grécia e Turquia acho bem tranquilo com crianças, já o Egito vejo que requer mais atenção quanto à época do ano devido ao intenso calor que faz lá. Passamos tanto perrengues no Egito que só voltaria lá para ver as pirâmides, assim minha sugestão seria para deixar menos dias para esse país, principalmente por estar com crianças. Se eu fosse refazer essa viagem hoje com a Camila de 3 anos manteria o tempo na Turquia, incluiria a Capadócia, diminuiria dias no Egito e aumentaria o tempo na Grécia, que é demais!! Obrigada pelo comentário

      • Denise

        Muito grata!! Li seu relato sobre o Egito e na hora já pensei que seria difícil ir com eles..Muito legal sua página, também estávamos em dúvida quanto à Disney..mas vi nos seus relatos que ja aproveitariam muito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s