EUA – Las Vegas : parte 2

Chegar à Strip lá pelas 11 horas da manhã nos surpreendeu pela pouca quantidade de gente que havia na rua. Comparado ao fervo que tínhamos visto na noite anterior parecia que estávamos em um lugar completamente diferente. Descemos do ônibus num dos primeiros hotéis da Las Vegas Boulevard e tínhamos como missão chegar até os últimos.

Estando em Vegas não podemos esquecer que estamos no meio do deserto e que isso significa um clima extremamente seco. Um item fundamental é um protetor labial para evitar que seus lábios rachem. Nós sentimos logo em nossa chegada o nosso começar a partir e corremos comprar. Fica a dica! Com muito protetor solar, com o protetor labial e uma garrafinha de água, iniciamos a nossa caminhada pela Strip.

Las Vegas é uma cidade criada para ser um espetáculo e isso faz da cidade um perfeito lugar para se tirar muitas e muitas fotos. Para cada lugar que você olha, dá vontade de fotografar… Tudo é feito para ser um belo cenário e cada hotel parece ter a intenção de chamar mais a atenção que o concorrente.

As belas palmeiras dos hotéis e da avenida contribuem para que a paisagem fique mais cinematográfica ainda. Para evitar que um gramado mal cuidado estrague o cenário, a maioria dos hotéis usa grama artificial para que o verde esteja sempre verde. As fontes também estão presentes em muitos dos hotéis.

Outra coisa interessante na Strip é que conforme você anda se depara com escadas rolantes que servem como acesso a passarelas para você atravessar a rua, bem como atalhos para que você entre no saguão de alguns hotéis e possa cair na tentação de arriscar no cassino, tomar um drinque, fazer umas compras, etc…

Passando de um lado para outro da rua, entrando nesse e naquele hotel, você cada vez mais pensa que Las Vegas é diferente de tudo que você já viu na vida. Em qual outra cidade do mundo você anda numa avenida que tem a réplica da Torre Eiffel, da Estátua da Liberdade e da Esfinge? Ou em qual outro lugar você encontra o Bob Esponja, o Elvis Presley, o Superman e garotas vestidas de flamingos desfilando na avenida para tirar fotos contigo?

E as surpresas da Strip continuam a cada passo. Nela também se encontram grandes shoppings, lojas de grifes famosas, Mc Donalds, loja da Coca-Cola (fiquei fascinada com 2 andares de bugigangas com a marca da Coca-Cola), loja do M Ms (hummmm) e assim vai. Tenha uma certeza ao visitar a Strip: tudo que você verá ali é diferente de tudo que você já viu!

A caminhada por ali estava ótima e muito divertida. Aproveitamos para entrarmos numa super loja – a Ross (uma de minhas favoritas nos States) e comprar umas malas com preços excelentes e em seguida fomos almoçar.

Continuamos nossa caminhada até o Mandala Bay, que é o último complexo hoteleiro da Strip e estávamos com nossa missão cumprida: Strip do início ao fim!

Não tem como você fazer esse passeio e não imaginar a quantidade de dinheiro que rola por ali, pois tudo é gigantesco e com perfeito estado de conservação! Também não tem como deixar de admirar a ideia de se criar ali no meio do deserto um dos principais pólos de turismo do mundo. E, é claro, não tem como você não pensar que a cidade é igualzinha a gente vê nos filmes.

Las Vegas é uma cidade para curtição geral e em todos os sentidos. Mesmo para os mais zens, como nós, é garantia de no mínimo boas risadas e surpresas -um lugar de loucura, loucura, loucura!

Como terminamos nosso passeio no meio da tarde, aproveitamos o resto do dia para irmos ao outro Outlet (o South) e fazermos mais umas comprinhas (ainda bem que estávamos com as malas que compramos, rs).

Saímos de lá ao anoitecer, passamos no mercado para comprarmos umas comidinhas e voltamos para o hotel pois queríamos apreciar a vista da torre do Stratosphere também à noite.

A vista à noite também é muito bonita, mas o que estraga são os fortes ventos no alto da torre nesse horário e também o frio. Se for visitar o Stratosphere à noite, não esqueça de levar uma blusa.

Como na torre também funciona um bar e um restaurante, as filas para a subida no período noturno costumam ser maiores. Quem quiser beber todas, nesse e em muitos outros bares de Las Vegas , você encontra a promoção “All you can drink”, que consiste no pagamento de 20 dólares para você beber o tanto que aguentar…. Enjoy it!

Como faríamos o passeio ao Grand Canyon no dia seguinte e teríamos que acordar bem cedo, logo subimos para nosso quarto para descansarmos.

Ao deitarmos na cama ficamos mais uma vez refletindo sobre tudo o que vimos, ouvimos e vivemos em Las Vegas. Um lugar sem limites para os maiores prazeres da vida, onde tudo pode acontecer do jeito que você quiser.

Ficamos pensando também que a pessoa mais sábia de toda a história de Las Vegas foi a que disse que o que acontece em Vegas, fica em Vegas. Sem essa frase como lema, Las Vegas não seria a mesma, rs.

Com esta conclusão em mente, dormimos cedo para acordar às 5 da manhã rumo ao Grand Canyon – próximo destino a ter um post aqui no blog 😉

Anúncios

1 comentário

Arquivado em América do Norte, Estados Unidos, Las Vegas

Uma resposta para “EUA – Las Vegas : parte 2

  1. Raquel C.P.

    Thaís, o que voce achou deste outlet??? voce comentou do outro nao ter grandes promocoes, e neste?? sentiu diferenca nos precos? qual voce preferiu??? adorei o post e as fotos!! Parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s