Canadá – Toronto : parte 1

Com as energias recuperadas após uma deliciosa noite de sono, acordamos na segunda-feira totalmente dispostos para conhecermos a maior cidade canadense. Tomamos café no apartamento mesmo, vestimos muitas camadas de roupa para encarar o frio e saímos rumo à mais famosa atração de Toronto : a CN Tower.

E por falar em café, caso você adore um cafezinho pela manhã, prepare seu paladar para se adaptar ao café canadense. Compramos um pacotinho no mercado para prepararmos no apartamento e mesmo colocando metade na cafeteira, o café fica bem fraco. Existe no Canadá uma rede chamada Tim Hortons que você encontra em quase toda esquina. Além de provar o café canadense, delicie-se com os maravilhosos donuts e cinnamon rolls desta marca… Hummmmm!

A estação do metrô Sherbourne ficava logo na esquina de onde estávamos hospedados e de lá até o centro não levava mais que 10 minutos. Aliás, a localização de nosso apartamento era excelente, com tudo perto. O metrô de Toronto é muito bom e fácil de se localizar. Vale a pena comprar o Day Pass para economizar nas passagens.

Chegamos bem cedo na CN Tower e não tivemos que encarar filas. Foi chegar, comprar o ingresso, passar pela inspeção de segurança e embarcar no elevador da torre mais alta do mundo (até o dia que fomos, era).

O elevador é super moderno e rápido, nem sentimos subir. Lá estávamos nós, 147 andares e 447 metros do chão.

Tivemos sorte de estar um dia maravilhoso, e a visibilidade do alto da torre estava perfeita. Impressionante a cor do lago Ontário, que parece não ter fim….

Mas a principal atração da CN Tower não é sua vista e sim o piso de vidro onde você pode andar e ver a cidade 447 metros abaixo. Num primeiro momento, mesmo sabendo de toda a segurança, dá medo de pisar na superfície. Depois, você se acostuma e começa a aproveitar para tirar fotos.

Saímos da CN Tower e fomos andar na orla do lago Ontário, de onde poderíamos tirar uma foto com a torre ao fundo.

A vista na orla é bonita, mas não aguentamos ficar muito tempo por lá por causa do vento gelado que ali era mais intenso. Com o mapa em mãos, fomos caminhando pelo centro de Toronto para acharmos algum fast food para almoçar.

Comemos e seguimos para a Chinatown de Toronto, onde queríamos comprar luvas, pois nossas mãos estavam prestes a congelar. Que adoro Chinatowns vocês já sabem, mas a de Toronto foi a mais legal que já visitei até hoje. Cheia de lojas de frutas, verduras, coisas estranhas… além disso lojinhas cheias de porcarias que amo visitar.

Andamos toda a Dundas Street, onde fica a Chinatown, observando tudo. Os pés já doíam de tanto caminhar. Na volta, passamos por vários prédios modernos e bonitos, que não podiam passar em branco nas fotografias.

Nessas andanças, começamos a perceber o estilo de vida de Toronto – uma cidade multicultural, com gente de todo o tipo e na qual você ouve diversos idiomas. Como até então só tínhamos conhecido a Europa, a modernidade da cidade e os imensos arranha-céus todos de vidro nos impressionou bastante.  O primeiro dia estava sendo de muita descoberta…

Outra coisa interessante da cidade é a vida subterrânea, que se fez necessária por causa das baixíssimas temperaturas do país no outono e inverno. É muito engraçado ver o imenso shopping abaixo do nível da rua – chamado Path, onde tudo é quentinho e você até esquece do frio lá de fora. É um tal de põe blusa, tira blusa…

Por diversas vezes eu queria voltar para o subsolo e parar de sentir frio, rsrs. Para saber onde tem Path quando estiver na rua, é só procurar a plaquinha.

Pra quem procura grandes lojas e agito, basta ir até a Yonge Street, uma das mais movimentadas ruas de Toronto onde é fácil passar horas olhando vitrines e vendo o agito da cidade.

Passamos o resto do dia passeando ali pelo centro e pelo Path e quando os pés já não aguentavam mais, voltamos para nosso apartamento.

Para o jantar, compramos no mercadinho o delicioso pão chamado “bun”, que é o que eles usam pra fazer cachorro-quente, um condimentado para por no meio e pronto.

Após um dia de muita caminhada e frio, chegava a hora de descansar no quentinho. O próximo destino da viagem? Niagara Falls por conta própria ! 🙂 🙂 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em América do Norte, Canadá, Toronto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s