Punta del Este

Seguimos caminhando até o centro para pegarmos o carro na locadora.No caminho, paramos num Mc Donalds para tomar café da manhã. Duas medialunas e um café por R$4,20.

Chegamos na Localiza por volta de 10 da manhã e o processo para retirar o carro levou quase uma hora.

Começamos nossa viagem à Punta lá pelas 11 da manhã, mas pelo que tínhamos pesquisado teríamos tempo suficiente. Estávamos com a rota traçada no GPS do tablet do Loedi, mas nem seria necessário pois o caminho para Punta del Este é facílimo e bem sinalizado.

A orientação do rapaz da locadora foi para que seguíssemos pela Rambla, pois a paisagem compensaria os poucos quilômetros a mais. E foi esse o caminho que fizemos.

Realmente achamos que valeu a pena seguirmos pela orla até à placa que indica para pegar a rodovia para Punta del Este. Pudemos passar por outros bairros nobres de Montevidéu, sempre tendo a vista do Rio da Prata para o lado direito.

Os 140 km de Montevidéu à Punta del Leste são de pista dupla, em perfeito estado de conservação e cheio de polícia para fiscalizar a velocidade que varia muito em todo o trajeto: de 60 km/h a 110 km/h.

Não se assuste ao colocar o trecho no Google Maps e ver que levará mais de 2 horas para a viagem, pois é isso mesmo. Nessa estrada, e deveria ser assim em todas as outras, não dá para passar dos limites de velocidade, pois a multa será certa.

Levamos 2 horas e meia para avistar a primeira placa de “Bem-vindos à Punta del Este”

Quando você começa a ver o mar (ou rio, rs) e a península cheia de prédios, você tem a sensação de estar num país bem diferente de Montevidéu.

Ao começar a ver as mansões e condomínios logo na entrada da cidade, você tem certeza de que está chegando à um local premium. Tudo muito grandioso e bonito, algo que faz bem aos olhos.

Como já tinha passado da hora do almoço, nem paramos na parte de entrada da cidade para tirarmos foto. Seguimos pela orla em busca de um ponto de apoio ao turismo para conseguirmos um mapa.

No caminho, nos assustamos com a calmaria da cidade, que fora de temporada fica desse jeito. Restaurantes e lojas todos fechados. Pouco movimento, poucas pessoas nas ruas.

Ao chegarmos à região do porto foi que começamos a ver algum movimento. Mas mesmo ali o ponto de atendimento ao turista estava fechado.

Na busca por um lugar para almoçar e do mapa, achamos um ponto aberto e lá conseguimos nosso mapa. Logo ali perto achamos um posto de gasolina com lanchonete aberta e lá mesmo que almoçamos.

Tínhamos lido que os preços em Punta eram salgados, mas por estarmos fora de temporada não achávamos que seria tanto. Pedimos uns pedaços de torta salgada e um refrigerante e pensamos que sairia barato. Engano nosso! Por essa comidinha simples pagamos 33 reais!!! Aproveitamos a parada para analisarmos o mapa e decidir por onde começar.

Após almoçarmos seguimos em direção à orla, onde tiramos as primeiras fotos da paisagem. E as palmeiras que eu tanto gosto, estão presentes em toda a beiramar de Punta del Este, dando mais charme ainda à cidade.

Estávamos perto do porto e foi por lá que começamos. Ao contrário de todos os portos que já visitamos, o porto de Punta del Este é bem bonito e preparado para receber turistas.

Outra atração do porto são os leões e lobos marinhos que ficam por ali esperando os restos de peixe que os pescadores jogam no mar. Claro que nós fomos lá perto para conferir a briga entre eles e as gaivotas pelos pedacinhos de peixe.

Além dos bichinhos, outra atração ali do porto é observar o estacionamento de iates. Caminhar por ali e olhar por dentro as embarcações te faz pensar o quanto de dinheiro está parado ali. E claro, no quanto os proprietários devem ser ricos.

E por falar em gente rica, não tem como visitar Punta e não pensar nisso, pois por todos os lados a ostentação está presente. Imagine na alta temporada como deve ser….

Saímos do porto e seguimos para a atração mais famosa de Punta del Este, a Mão do Afogado do escultor chileno Mario Irarrazabal.

A atração não está em bom estado de conservação, mas não há como negar de que é muito bacana, principalmente pela ideia do obra. Mesmo em baixa temporada, tirar foto ali é bem concorrido.

Como se vê, a escultura fica na areia. Aproveitamos esse momento para olhar a Praia Brava, que é onde a atração se localiza e vimos o quanto a praia é sem graça. Aliás, a beleza das praias não é o forte de Punta del Este, pois o mar não é azulzinho, a água é gelada e a areia é comum. O bacana de Punta está muito além do mar e das praias.

Seguimos pela orla para a próxima atração que queríamos conhecer: a Ponte Ondulada. No caminho, ficamos contemplando os luxuosos condomínios e casas. A região nos lembrou muito Jurerê Internacional de Florianópolis e a pergunta que naturalmente surgia era: se essa é a casa de praia, imagina a casa de “verdade” do cara… hahaha.

A maioria das construções estava vazia e em algumas delas pudemos ver jardineiros, pintores e outros profissionais deixando tudo em ordem para a temporada que logo se inicia. Outro detalhe é que cada casa tem um nome, sinalizado através de charmosas plaquinhas logo na entrada.

Para acharmos a ponte foi bem fácil. Foi só seguir reto pela Rambla. Se fosse uma ponte reta, não chamaria nenhuma atenção. O que atrai é seu design diferente. Um lugar para ir, tirar foto e tchau!

Com nossa ida à ponte, finalizamos os pontos que queríamos ver em Punta. Faltava apenas a Casa Pueblo, que ficava na saída para voltarmos à Montevidéu.

Seguimos pela rambla e logo estávamos no caminho para a Casa Pueblo, em Punta Ballena. Próximo dali tem um mirante com vista para Punta del Este. Ficamos pouco por ali pois estava ventando muiiiiito…

Estacionamos o carro numa entradinha e seguimos caminhando para podermos fotografar a Casa Pueblo do melhor ângulo. Nós não visitamos o museu que funciona lá, apenas queríamos ver por fora e achamos tudo muito lindo, tanto a construção em si como a magnífica vista que se tem dali.

Com estas fotos, terminamos nossa visita express a Punta del Este. Mais uma cidade que mesmo sem muitos atrativos especiais tornou-se um dos mais famosos balneários das Américas. Voltamos pensando em todo o glamour de Punta e em quanto dinheiro deve rolar ali na temporada e o quanto isso faz bem ao turismo no Uruguai.

Entretanto, como para os que acompanham o blog já devem ter lido, meu conceito de praia é mar bonito, água quente e pouca muvuca, Punta jamais seria um destino de praia para mim. E como também não gosto muito de lugares com preços absurdos, também não seria um destino para apenas desfrutar o charme da cidade. Resumindo, Punta del Este é linda e glamourosa, mas estas poucas horas que passamos por lá já foram suficientes para mim. No meu conceito, um lugar imperdível para se conhecer, contudo não é um lugar para o qual voltaria.

Chegamos em Montevidéu quase 8 horas da noite, fomos para o hotel ajeitar nossas coisas pois no outro dia às 6 horas da manhã partiríamos rumo ao Brasil. As lembranças que trouxemos do Uruguai foram muito boas e a única coisa da qual não gostamos foram dos preços.

Visitamos apenas a capital e Punta del Este, mas quem quer saber mais sobre outros destinos uruguaios, um bom começo é acessar o site do Ministério do Turismo Uruguaio. Recomendamos a todos conhecer mais esse país vizinho, a poucas horas do Brasil e que tem muita coisa boa para oferecer.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Punta del Este, Uruguai

2 Respostas para “Punta del Este

  1. Oi Thaís!
    Viajei com vc neste post de Punta del Este! E foi tanto que a noite passada até sonhei que estava lá e as paisagens eram idênticas às sua fotos!!
    Ah, criei um blog para compartilhar minhas histórias de viagem e queria compartilhar com você! Como não encontrei seu email por aqui, segue: http://deviagem.tumblr.com/
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s