Assunção: parte 2

Iniciando nosso passeio, a nossa primeira parada foi o Panteão dos Heróis, que estava localizado há apenas 3 quadras de nosso hotel.

Nestes primeiros passos pela cidade nossos comentários foram que Assunção nada tinha a ver com Ciudad del Este, que achávamos que seria uma cidade mais feia do que realmente é, e que conforme diziam os poucos relatos que achamos, Assunção se assemelha muito à uma cidade de interior.

Mesmo Assunção não sendo uma Buenos Aires, os malucos aqui estavam curtindo à beça o passeio. A sensação de estar num outro país realmente me agrada, pois é uma língua diferente, produtos diferentes nas lojas de conveniência, modelos e cores de carros nunca antes vistos. Adoooro! Gosto também de me divertir tentando falar um portunhol muito safado e ver que as pessoas nos entendem. Acreditam que até informação nos demos para umas pessoas que nos pararam na rua? Hahaha, muito engraçado!

Continuamos seguindo o roteiro e paramos na Estação Ferrocarril, que fica em frente à Praça Uruguaia que passa por reformas.

De lá, seguimos para a Escalinata, que segundo o roteiro do blog Sopa Paraguaia, teria uma bela vista da Baía de Assunção. Subimos na expectativa, mas ao chegarmos lá em cima vimos que as árvores tampavam toda e qualquer vista que pudesse ter. Furada!

Ainda bem que o tempo estava nublado! Faz muito calor na cidade e se o sol estivesse forte, teríamos derretido com nossa caminhada. Descemos a escadaria e voltamos para nosso ponto de partida, agora passando por ruas com casarios antigos com poucas pessoas passando por lá. Nem parecia a capital do país!

Na mesma rua, nos deparamos com o belo prédio do Ministério da Fazenda que estava estampando a placa comemorativa aos 200 anos do Paraguai. Aliás, estas plaquinhas estavam espalhadas por toda a cidade.

Seguindo o mapa, vimos que a próxima atração era a Casa da Independencia, que foi construída em 1772 e foi o local de onde os paraguaios proclamaram a independência em 1811.

Descemos a rua e chegamos à construção mais bonita de Assunção na minha opinião: o Palácio do Governo.

A construção fica bem ao lado de uma praça, onde paramos para tomar água e descansar um pouco as pernas.

Recuperados, seguimos as direções para o Palácio Legislativo, que é a construção mais moderna da capital paraguaia.

Interessante ver que bem à frente de um dos prédios mais importantes do país está localizada uma favela às margens do Rio Paraguai. Verdadeiro contraste bem ali aos nossos olhos.

Andando pelas praças de Assunção, vimos os anúncios de internet grátis. Pena que não tínhamos como testar se realmente funcionava, mas de qualquer forma achei bem legal.

Seguindo nosso mapa, a próxima atração a ser vista era o Cabildo, um edifício histórico do século XIX e que hoje é o Centro Cultural da República.

Há alguns passos dali, vimos a Catedral de Assunção e a Universidade Católica.

Nessas alturas, nossas pernas já estavam latejando de tanto que andamos nesse dia. Eram quase 5 e meia quando resolvemos voltar para o hotel. Voltamos comentando sobre a cidade e também sobre a quantidade de policiais nas ruas. A cada esquina, sem exagero, víamos pelo menos um guarda fazendo a vigia do local. Que bom! Nos sentimos muito seguros na capital paraguaia.

Descansamos um pouco e descemos para jantar num restaurante logo à frente do hotel. Comemos pizza e ficamos surpresos como alimentação é barato por lá (finalmente um país da América do Sul com baixos preços!). Subimos e fomos dormir…

No dia seguinte, como já tínhamos feito o roteiro turístico, resolvemos passear pelo centro num dia de lojas abertas e depois seguirmos para o Shopping del Sol.

Caraca! No sábado sim vimos a cidade com cara de Paraguai, cheia de ambulantes nas ruas e com muitas pessoas indo às compras.

Fomos no outlet da Adidas, que realmente tem bom preços. Entretanto, eu não aguento ficar mais de 5 minutos numa loja lotada de gente se acotovelando por todos os lados. Ainda mais que eu não estava procurando nada pra comprar. Dessa forma, logo vazamos para irmos direto ao ponto de ônibus para seguirmos ao shopping.

Os ônibus paraguaios são uma atração à parte, de tão velhos! Pelo menos custam menos que um real e te levam onde você precisa.

Chegamos no shopping, demos umas voltas, mas não achamos nada de interessante. Pra falar a verdade, como não estávamos procurando por nada, nem entramos muito nas lojas. Fomos mais pra passear mesmo.

Aproveitamos para irmos num supermercado lá, comprar os bombons da Arcor que adoro e só encontro nos nossos países vizinhos e alguns alfajores.

Almoçamos por lá e fomos aguardar o ônibus para voltarmos ao centro. Esperando no ponto, tiramos mais algumas fotos do transporte público de Assunção, que em alguns casos são estampados com a frase “Super Luxo”, hahaha.

E assim acabavam-se as coisas para se fazer em Assunção! O que nos restava, curtir a piscina do hotel e descansar, descansar, descansar….

Aproveitamos a tarde para provar um prato típico do Paraguai: chipas! Hummm.. uma delícia!

E assim foi o resto do nosso feriado, apenas curtindo o doce prazer de não se fazer nada. Há muito tempo não conseguia ter esse tempo nas viagens, que acabam sendo sempre bem corridas.

A pergunta que muitos fizeram e ainda me fazem é: vale a pena ir pra Assunção? Eu diria que sim caso você já tenha visitado as capitais highlights da América do Sul e se você encontrar bons preços de passagem. Um dia em meio é suficiente para explorar a cidade, portanto consideraria como um destino de final de semana e nada mais.

O importante é que além de ter descansado muito, agora sim posso contar o Paraguai como um país que visitei e até tenho o carimbo no meu passaporte… haha!

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em América do Sul, Paraguai

6 Respostas para “Assunção: parte 2

  1. ....

    em qe hotel vc ficou?

  2. PEDRO

    muito bacana ,curti mesmo …já fui a cidadelest e realmente só compras . Não gostei nem um pouco da cidade ! porem vou a argentina em dezembro e já estou programando uma visitinhaa a assuncion!
    conhece algumas cidades da argentina de interior que valha a pena conhecer ???

  3. Bom dia! Trabalho na Modulo Editora e estou trabalhando em um livro do ensino fundamental para o 8 ano. Gostaria de saber se podemos ter permissão para usar a imagem nesse link https://proximosdestinos.files.wordpress.com/2012/04/dsc04868.jpg
    Créditos serão adicionados.
    Obrigada pela atenção!
    Carol
    http://www.moduloeditora.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s