Lisboa: parte 1

Para nosso segundo dia, fizemos uma programação bem intensa e nem levamos em conta a idade e disposição de nossas mães. Fizemos o roteiro no padrão Thaís e Loedi e seja o que Deus quiser.

Nossa primeira parada foi na estação de metrô do Rossio,  a mais próxima de nosso local de hospedagem, onde compramos o cartão Viva Viagem (0,50 por cartão) e carregamos com o passe ilimitado para 1 dia (5 euros), válido para todos os meios de transporte.Tudo feito sem complicação na maquininha de auto-atendimento.

DSC06270 DSC06274

Com o passe em mão, seguimos para pegar o bonde elétrico rumo ao bairro de Belém.Como estava chovendo, iniciamos nosso passeio pelo Mosteiro dos Jerônimos, um dos prédios mais bonitos de Lisboa.

DSC06292

Decidimos não entrar no mosteiro, ficamos somente na capela. Foi muito bacana estar no local onde se guardam os restos mortais de Luiz Camões e Vasco da Gama. Não pelas tumbas, é claro! Mas sim pela importância que ambos tiveram para o mundo. A capela também impressiona pela altura de seu pé direito, por seus vitrais e pelos altares banhados a ouro.

DSC06300 DSC06303 DSC06312

De lá fomos para outra atração coberta: o museu da Marinha. Eu não gosto de museus, mas como meu maridinho adora, fui sem reclamar. Ainda mais que era um jeito de fugir da chuva e o melhor de tudo: de graça. O museu conta a história das embarcações e a importância delas na época dos descobrimentos. Aliás, prepare-se desde o aeroporto para perceber o quanto os portugueses se orgulham das descobertas. É bem comum você ler que Portugal descobriu o mundo.

DSC06314 DSC06322 DSC06324 DSC06325

A parte que mais achei legal foi a ala das galeotas, onde estavam expostas embarcações em tamanho real. Não tem como não dizer uau ao entrar no salão. Também não tem como não pensar no trabalhão que dava para navegar naquela época.

DSC06344 DSC06349 DSC06351 DSC06361

Após muitas fotos, saímos do museu e felizmente a chuva havia parado. Atravessamos a praça do Império, de onde se tem uma vista linda do Mosteiro e lá paramos para observar a beleza dos jardins.

DSC00646 DSC00650 DSC00651

Partindo da praça, atravessamos a avenida para o Padrão dos Descobrimentos. Na calçada, um mapa mundi enorme mostrando os locais por onde os portugueses passaram na época dos descobrimentos.

DSC06405

Além do monumento, a vista que se tem da ponte 25 de abril, é outro atrativo do local.

DSC06392 DSC06402 DSC06406

Na sequência, fomos caminhando até à torre de Belém e novamente a chuva apareceu. Felizmente foi bem rápida e não atrapalhou nossas fotos por lá. Não tivemos vontade de subir, nos contentamos apenas com muitas fotos.

DSC06407 DSC06413 DSC06427 DSC06428

Já era quase hora do almoço quando resolvemos voltar para perto do Mosteiro e procurar comida salgada. A sobremesa já estava definida: Pasteis de Belém os originais da fábrica que atua por ali desde 1875. Como a sobremesa seria o prato principal, comemos no Mc Donald’s mesmo e logo atravessamos a rua. Conto como continuou nosso dia no próximo post 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Europa, Lisboa, Portugal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s