Chegando em Madri

Como diria minha mãe, “trem bala é trem bala!”. Saímos pontualmente de Barcelona e menos de 3 horas depois já estávamos na estação Atocha em Madri. Já falei várias vezes sobre meu fascínio por trens, mas não canso de repetir o quanto amo este tipo de transporte. Chegando em Madri, a modernidade da Puerta de Atocha nos impressionou nos primeiros passos, bem como o tamanho da estação.

DSC08287 DSC08288 DSC08291

Seguindo as placas, logo chegamos na estação do metrô, compramos o passe, estudamos o mapa e fomos na direção que precisávamos. Era um sábado e achamos que pegaríamos o metrô vazio. Mero engano! Pegamos o trem lotadíssimo e ficamos muito apreensivos. Pensamos, cadê a paz de Barcelona? Hehe. Fizemos a conexão necessária e a outra linha do metrô estava menos lotada. Quatro pessoas e quatro malas realmente não combinam com multidão.

Após cerca de 1 hora de nossa chegada, lá estávamos nós no Silken Torre Garden Madri, mais uma excelente escolha de hospedagem. Localizado bem próximo ao metrô, de um centro comercial e de um Carrefour, o hotel tem quartos espaçosos, cama confortável e um bom atendimento. Mal podia acreditar que esta tinha sido uma das opções mais baratas que encontramos na capital espanhola.

Já era tarde da noite e estávamos podre de cansaço. Nada nos restava além de tomarmos um bom banho e preparar a rota para o dia seguinte, que você confere em breve por aqui 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Espanha, Europa, Madri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s