Chegando na China: do aeroporto de Pequim para uma estação de metrô

Após passarmos pela imigração e pegarmos nossa bagagem, nossa primeira missão foi encontrarmos um caixa automático para sacarmos moeda local. Logo na saída do desembarque já encontramos um banco e o procedimento foi super rápido.

Com dinheirinhos em mãos, seguimos as placas para o Airport Express Train, que é a opção para quem precisa se conectar com o metrô.

Compramos o ingresso na bilheteria por 25 yuans cada e aguardamos o trem chegar. Estação limpa e organizada.

DSC00072

Não demorou muito e já estávamos embarcados. Esse trem passa pelos 3 terminais do aeroporto de Pequim e segue até as linhas 10, 2 e 3 do metrô. Os vagões do trem são novos, limpos e com espaço para as bagagens.

DSC00075

DSC00073 DSC00074

As primeiras paisagens que vi da China já quebraram de cara os meus estereótipos da Ásia. No caminho do trem, prédios e casas como estamos acostumados no ocidente e minha primeira impressão foi que se eu não estivesse vendo as placas e letreiros em mandarim, acreditaria estar em qualquer outra parte do mundo.

A viagem até a primeira estação do metrô levou menos que meia hora. Entramos na estação Dongzhimen, compramos o ticket super barato de 2 yuans e logo achamos a direção que queríamos.

DSC00079

O metro de Pequim já surpreendeu nessa nossa primeira passada. Todas as placas estão escritas em inglês, há televisores informando o tempo até o próximo trem, tudo muito limpo e organizado.

DSC00076

Fizemos as conexões necessárias e em 1 hora estávamos em nossa parada final.

Sabiamos que após desembarcarmos no metrô, teríamos que andar um pouco para chegar no hotel. Mesmo tendo estudado bem a rota, é claro que andamos para o lado errado da rua. Argh! Após inúmeras horas de viagem, caminhamos um monte arrastando mala e assim que percebemos nossa falha decidimos pegar um táxi.

Paramos na rua e comecamos a acenar para todos os táxis que passavam. Para nossa sorte, um carro parou. Colocamos a bagagem no porta mala, entramos, mostramos a reserva do hotel onde constava o endereço em mandarim e veio o primeiro medinho da viagem: o rapaz não sabia onde era e não fala nada de inglês. Com mimicas, pediu o telefone do hotel. O Loedi mostrou o número no papel,o taxista ligou e se achou. Ufa!!! Respiramos aliviados quando ele deu partida no carro e fez o retorno na rua.

Em menos de 10 minutos chegamos ao Sha Tan Beijing Hotel e logo de cara nos impressionamos com o hotel pois era muito melhor do que imaginávamos.

A recepcionista falava inglês, mas logo percebemos o quão difícil era pra ela. Felizmente o checkin foi rápido e logo estávamos instalados em nosso quarto.

A missão de chegar ate o metrô partindo do aeroporto foi facílima. A dica imprescindível para se chegar na China é você ter todos os detalhes do hotel escritos em mandarim, caso precise de ajuda ou de um táxi. Para quem ficar hospedado próximo a uma estação do metro, o trajeto será mamão com açúcar 🙂

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Ásia, China

3 Respostas para “Chegando na China: do aeroporto de Pequim para uma estação de metrô

  1. Pingback: Vícios de Viagem | Carol Guelber » Arquivos » Chegando em Pequim…

  2. Fernando Fernandes

    Ótima dica. Vou agora em Maio e essa dica foi muito útil. Valeu o post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s