Cingapura: Clarke Quay e Singapore Flyer

Após finalizarmos nossos passeios étnicos por Cingapura, fomos conhecer a região do Clarke Quay que é o centro do agito noturno de Cingapura, mas que também é parada obrigatória durante o dia. A região em torno do Singapore River antigamente era um centro comercial dos pescadores, mas atualmente define-se como um lugar para “wine, dine and good times”.

Ao ver a fachada do lugar, você realmente sente a vibe de “good times”, seja pelo colorido das construções, pela harmonia da arquitetura dos bares e restaurantes, ou pela paz dos barquinhos navegando pelo rio.

DSC04007 DSC04008 DSC04014 DSC04019

Mas é claro que pro passeio ficar completo, é necessário atravessar a ponte e ir lá do outro lado. Por ali, você já começa a ver a maior estrutura de ar condicionado ao ar livre do mundo, construído para amenizar o forte calor da cidade e permitir que as pessoas não sofram por causa da temperatura num lugar voltado ao entretenimento.

DSC04023

Ao pisarmos embaixo da estrutura, já sentimos o frescor delicioso e pensamos: que boa ideia! Além das super coberturas, no centro do Clarke Quay também existem fontes que saem direto do chão para refrescar os mais encalorados. Isso sem contar os charmosos e ecléticos restaurantes e bares por ali instalados.

DSC04025DSC04027DSC04029

Mesmo sendo horário de almoço, Clarke Quay estava vazio. Sabíamos que o forte dali era à noite e é claro que nos programamos para voltar. Passamos num pequeno shopping para almoçar e dar um tempo. O calor estava judiando da gente (e acredito que o início da gravidez também) e resolvemos fazer tudo com muita calma no período da tarde.

Nosso passeio foi pela beira do rio, observando as bem cuidadas construções, os arranha-céus e todo o charme da região. O ritmo era de alguns passos e algumas sentadas nos bancos ali disponíveis, tudo sem muita pressa.

DSC04037 DSC04041 DSC04044 DSC04049 DSC04050

E mesmo com passos vagarosos, logo estávamos de novo próximos ao Merlion Park. Atravessamos a praça e após alguns bons minutos de caminhada estávamos na próxima atração do dia: a Singapore Flyer, que é a roda-gigante mais alta do mundo. Compramos os ingressos pela internet e a entrada foi bem rápida.

DSC04072

É claro que antes do embarque tem todo aquele ritual de contar a história da construção, da cidade e etc. Mas essa parte não foi muito demorada e logo estávamos pertinho da cabine.

DSC04081 DSC04082

A vista é incrível! Tivemos a chance de ver as arquibancadas e camarotes da Fórmula 1, o Gardens by the Bay, a baía e claro, o Marina Bay Sands visto lá do alto.

DSC04089 DSC04090 DSC04094 DSC04102 DSC04108 DSC04109 DSC04114

Após andarmos na atração, tomamos um sorvetinho e voltamos andando para a “orla” da baía, onde nos sentamos e ficamos aguardando o pôr-do-sol pois queríamos ver a skyline de noite.

DSC04127

Assim que a noite começou a cair, a quantidade de pessoas por ali aumentou muito rapidamente. Todos querendo ver o cartão-postal de Cingapura com cenário noturno.

DSC04131 DSC04132

Colocamos nosso tripé em ação e conseguimos tirar as fotos que queríamos sem a multidão atrapalhar.

DSC04137 DSC04141 DSC04147 DSC04148

Após mais essa missão cumprida, ainda tínhamos que voltar até o Clarke Quay para vermos o agito noturno. E como resolvemos voltar? Andando, é claro 🙂 Mesmo nosso dia tendo começado cedo lá na Little India, ainda tivemos pique para encarar a volta. O calor menos intenso e a linda paisagem foram nossos encorajadores.

DSC04153

Esse dia era uma segunda-feira, mas mesmo assim todos os lugares estavam cheios de gente. Os idiomas variados que ouvimos não deixa a menor dúvida de que Cingapura tem gente do mundo todo. A caminhada foi tão agradável que quando menos percebemos já tínhamos chegado ao Clarke Quay novamente.

DSC04159 DSC04160

Agora sim o local mostrava seu lado agitado, com bares lotados e muita gente aproveitando a vida. Um lugar delicioso para se passar horas e horas batendo papo e curtindo a night. Nós escolhemos um restaurante mexicano e lá jantamos e aproveitamos o restinho da noite em Clarke Quay.

DSC04162 DSC04164 DSC04166 DSC04163

Pagamos a salgada conta e fomos em busca do metrô nesse dia que foi longo e muito diversificado em Cingapura. Estávamos podres e para nosso azar erramos o lado do metrô na volta para o hotel, arghhhh! Com a rota corrigida, felizmente chegava a hora de descansar, mas antes tínhamos que arrumar nossas malas pois no dia seguinte partiríamos para Dubai. Como nosso voo só seria de noite, ainda tem mais post sobre Cingapura pra sair do forno. Em breve, aqui no Próximos Destinos 🙂 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Ásia, Cingapura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s