Enxoval de bebê nos EUA – Miami

Após nossa ida à Key West, não tirei mais nenhuma fotinho em Miami, uma vez que o restante da viagem foi todo dedicado às compras. E aqui confesso que mordi minha língua, pois sempre achei um absurdo uma viagem com foco total no consumismo, mas dessa vez foi necessário 🙂 Além disso, o tempo estava horroroso por lá, o que nos desencorajou de qualquer outro passeio. Apenas para constar, continuo sendo contra viagens só de compras, hehe.

Como já citei nos outros posts sobre o enxoval, deixamos para comprar em Miami os itens mais trambolhudos como cadeirinha e carrinho e foi por eles que começamos. A dica fundamental aqui é que você cheque pela internet onde você encontra o modelo e cor que deseja, pois nem sempre encontrará o que quer onde quer. Para vocês terem uma ideia, o carrinho que queria na cor vermelho não estava disponível em nenhuma loja grande. Fui encontrar na Nini and Loli, que é uma loja menor mas que vi online a disponibilidade. Outra coisa que é preciso ter em mente para esses itens é como você irá trazê-los para o Brasil. Claro que dá pra trazer na caixa, mas nós não quisemos por causa da dificuldade que seria carregar (se mala com rodinha já é difícil, imagine um volume sem). Outro ponto é saber se a companhia aérea considera caixa como volume de bagagem ou não (li que algumas cobram por isso). Nossa opção foi comprar uma super mala dobrável onde pudemos colocar o carrinho e ainda ocupar todos os espaços vazios com outras coisas. Achamos a super mala facilmente no Sawgrass por 29 dólares, mas na Bed Bath and Beyond vimos uma similar mais barata ainda. Mesmo com esse “equipamento” em mãos, embalar o carrinho não foi tarefa fácil e rendeu boas gotas de suor do super Loedi, rsrsr.

Obs: fotos tiradas com o Ipad, por isso de baixa qualidade 😦

1468567_802286296464117_1453452031_n 1503298_803314136361333_1067145756_n

O ruim desse foco em compras é que não sobra muito pra contar, uma vez que citei no post de Nova Iorque as principais lojas que incluímos em nosso roteiro. Em Miami não foi diferente. Fomos a todas elas novamente para comprarmos os itens que faltavam de nossa listinha. Rodamos pra caramba por lá, uma vez que as lojas são bem distantes. Esqueci de marcar a quantidade de quilômetros que rodamos, mas certamente foram muitíssimos.

Dentre os grandes shoppings, fomos ao Sawgrass e ao Dolphin Mall mas por lá não compramos muitas coisas. Acabamos gastando mais nas demais lojas de departamento como a Target, Old Navy, Wal Mart, Burlington e similares.

Os vestidinhos de festa foram as peças mais caras de todo o enxoval – 15 dólares 🙂 e a maioria achei na Burlington.

vestidos

Apesar de não termos turistado, essa nossa segunda visita à Miami me fez mudar de ideia e gostar mais da cidade, tanto que planejo dar uma passadinha por lá de novo esse ano, hehe.

O nosso maior desafio foi fazer tudo caber nas malas, mas felizmente deu tudo certo. Aproveitamos todos os espaços, até a bolsa que comprei pra Camila voltou lotadaça. Passei duas noites em claro com medo de ser parada na alfândega.

Fomos com 23 kg de bagagem e voltamos com 109 kg. Vejam que maravilha, ainda teríamos mais 19 kg pra despachar, hehe. Repito aqui o que já escrevi em outros posts: a balancinha de mão para checar os pesos antes de chegar ao aeroporto é item fundamental para uma viagem de compras. Outro artefato que nos ajudou dessa vez foram aqueles Vacuum Bags, que diminuem consideravelmente o volume das peças. Olhem só a quantidade de roupas só da Camila!

camila

E assim voltamos para o Brasil! Com 4 super malas e felizmente nem fomos para o raio-x na Receita Federal. Também, viajamos no dia 31/01 e passamos a noite de Ano Novo no avião (mais uma vez :)) Quem seria o fiscal malvado que nos pararia numa data destas logo pela manhã? 🙂

bagagem

Podres por não termos dormido no voo, finalmente chegamos à nossa casinha com todas as nossas aquisições. É claro que no balanço geral a mais beneficiada da viagem foi a Camila, mas também nos divertimos muito.

Essa foi mais uma viagem maravilhosa e a última internacional que fizemos sem a nossa bonequinha. Porém tenho certeza que em breve estarei aqui relatando como foi a primeira vez dela na terra do tio Sam, para onde voltaremos muitas e muitas vezes ainda 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em América do Norte, Estados Unidos, Gravidez, Miami

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s