De Curitiba para Frankfurt: a primeira viagem com a Camila

Vou começar os posts dessa viagem da mesma maneira das anteriores, com o adicional de contar como foi ter mais uma passageira conosco. Deixarei para um post exclusivo as dicas práticas que nos ajudaram com uma bebê de 4 meses, ok?

O início de nossa viagem deu-se no guichê de vendas na Tam no aeroporto, onde fomos pagar a reserva do bercinho para o avião que já tínhamos feito previamente por telefone. Após pagar os R$277, 00 (muito bem gastos, diga-se de passagem) fomos fazer o check-in e garantimos nossos assentos na primeira fileira por conta do berço.

Passamos pelo raio-x sem maiores alterações, apenas o carrinho precisa ser desmontado e vistoriado a parte, de resto tudo ocorreu como já estamos acostumados. Ficamos com o carrinho para despachar na porta do avião (direto para Frankfurt) e assim aguardamos a hora de nosso embarque.

IMG_1705

Em São Paulo, caminhar até o terminal internacional com ela no colo foi hard! Na próxima vez levaremos o canguru com certeza. Dessa vez não levamos pois achávamos que ficaríamos com o carrinho (aprendizado número 1).

Ficamos bem impressionados com o novo terminal de Guarulhos. Finalmente temos um aeroporto lindo e organizado, pelo menos na parte internacional.

IMG_1713

Aproveitamos a boa infraestrutura para testarmos o fraldário, que também foi aprovado.

IMG_1717

Logo já iniciou nosso embarque e lá estávamos nós iniciando a primeira aventura em família.

IMG_1724

O bercinho só pode ser instalado após a decolagem e foi fundamental para que pudéssemos jantar tranquilos. Brincamos dizendo que a Camila estava na primeira classe, com a melhor acomodação do avião.

IMG_1727

Ela dormiu quase o voo inteiro e a viagem foi super tranquila (ufa!). Chegamos em Frankfurt e assim que desembarcamos já avistei um fraldário e lá fui trocá-la enquanto o Loedi aguardava a entrega do carrinho.

IMG_1732

Pegamos o trem e seguimos para Frankfurt onde passamos a noite para seguirmos no dia seguinte para Munique. Ao chegarmos no hotel, o bercinho já estava preparado.

DSC05783

Nesse primeiro dia, fomos dar uma voltinha pelo centro de Frankfurt e curtir a linda paisagem de outono com temperatura super agradável.

IMG_1733 IMG_1735 IMG_1739

Logo já era noite e voltamos pro hotel para descansarmos um pouco e nos prepararmos para a primeira noite de adaptação da Camila com o fuso horário. Aff! Nós podres e ela no horário do Brasil, mas respiramos fundo e aguardamos as 2 horas da madrugada para dormirmos e ela também (essa parte foi trash!).

No dia seguinte ajeitamos nossas coisas, paramos num café para comermos algo e partimos para a estação apanharmos o trem para Munique.

IMG_1744

O comecinho da viagem já estava ótimo e mal podíamos esperar pelos próximos capítulos. Logo conto como foi viajar de trem com a baixinha de Frankfurt para Munique.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Alemanha, Camila, Europa, Viajando com bebês (4 meses)

7 Respostas para “De Curitiba para Frankfurt: a primeira viagem com a Camila

  1. Dani

    Existe bebê mais feliz? Claro que não! Muito linda a sua princesa Tha! Bjos!

  2. Ana Silvia Mota

    Que gracinha que está a Camila!!

  3. Bruna Lourenco

    Oie! poderia me ajudar com uma dúvida? Nesse post você fala que ficou com o carrinho para despachar na porta do avião, mas depois cita que deveria ter levado o canguru e não sabia que ficaria sem o carrinho. Você conseguiu ou não ficar com ele?

    • Olá Bruna! Essa foi uma lição que demorei para aprender, rsrs. Em voos internacionais com conexão é possível pedir no check in para que o carrinho seja entregue na conexão e depois no destino final. Na Tam eles colocam uma etiqueta rosa para identificar esse tipo de pedido e para usá-lo é necessário que os 2 voos sejam da mesma cia aérea. O que aconteceu nessa primeira viagem é que não sabíamos desse esquema e tivemos que andar o aeroporto todo com a bebê no colo. Em todas as viagens que já fizemos, foram poucas as vezes que conseguimos pegar o carrinho na conexão, porém até hoje com 3 anos nós tentamos pedir. Criança sem carrinho no aeroporto não é fácil, rsrs. Portanto fica a dica: sempre pergunte sobre a possibilidade de retirar o carrinho na conexão para facilitar a vida dos papais viajantes!

  4. Bianca

    No fraldário de Frankfurt tinha chuveirinho para dar banho na bebê?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s