Dicas para viajar com bebês de 1 ano

É divertido pensar como cada fase do bebê requer um tipo de planejamento diferente, pois eles evoluem e mudam muito rápido. Já escrevi sobre dicas de viagem antes das papinhas e após as papinhas (confira aqui) e agora me aventuro a dar dicas para a partir de 1 ano, quando já caminham, continuam nas papinhas, têm muita energia para gastar e no caso da Camila, já falava bastante coisa.

Antes de embarcar:

Essa foi a nossa terceira viagem internacional em família, e com isso já tinha experiência em arrumar a mala. Mantive as dicas que citei no post anterior, montando kits de roupinhas e embalando em saquinhos para facilitar a vida ao chegar ao destino. Como criança suja muita roupa, levamos mais de 1 kit por dia, mas já fomos imaginando que usaríamos lavanderia nos Estados Unidos para não precisar levar tanta coisa.

IMG_4290 IMG_4291

E para não esquecer de nada, uns dias antes da viagem já vamos seguindo a rotina e anotando numa lista tudo que é imprescindível levarmos, principalmente na mochila de mão. Isso ajuda muito e nos dá mais tranquilidade para encarar o voo. Após a chegada não tem tanto stress, pois existem bebês em qualquer lugar do mundo e caso esqueça algo, é possível comprar.

IMG_4279

Voos: 

Nesta última viagem, pudemos reforçar a praticidade do voo noturno e também experimentar o voo diurno que tanto temia. Como tudo nessa vida, há prós e contras em ambos, e relatarei aqui o que achei vantajoso em cada uma das opções,

Curitiba- Los Angeles (12h de viagem) em voo noturno:

  • Vantagens: Camila é super regrada em relação aos horários, e como a partida do voo coincidiu com a sua rotina, ela dormiu antes mesmo de decolar e embalou um longo período de sono contínuo. Das 12 horas de voo, ela dormiu pelo menos 7 horas, o que nos garantiu uma viagem super tranquila.
  • Desvantagens: eu ainda não desenvolvi técnica boa o suficiente para dormir no voo de ida, principalmente com a Camila junto. E o que acho pior, é o pensamento de “ter que dormir por ser noite”, que me pressiona mais ainda. Neste caso, a desvantagem é para mim, e não pra ela, mas fica o registro.

Miami – Curitiba (8 horas de viagem) em voo diurno:

  • Vantagens: justamente o oposto da opção anterior. Por ser dia, brincar e distrair a criança já é algo que você estaria fazendo estando ou não no avião. É claro que o arsenal de entretenimento deve ser grande para garantir a distração por bastante tempo, mas não ter a pressão psicológica de ter que dormir foi maravilhoso pra mim. Um outro ponto que gostei foi chegar aqui em Curitiba 7 da noite e poder fazer todo o ritual do soninho com calma e tranquilidade.
  • Desvantagens: haja paciência para dar uma voltinha no avião, desenhar mil vezes os bichinhos favoritos, ler uns 5 livrinhos umas 10 vezes, dar bolachinha e quando você vê o tempo de viagem não reduziu nem 10 minutos em relação à última vez que você checou, rsrsr. Aí chega a hora de apelar ao santo tablet e à maravilhosa Galinha Pintadinha.

Após essa experiência, já não faço tanta questão de voo noturno com a Camila, pois perdi meu medo e receio do voo diurno. Qualquer que seja sua escolha, compartilho algumas dicas que te ajudarão no voo seja ele durante o dia ou a noite:

  • pague mais pelo assento conforto: eis aqui algo que não consigo imaginar ficar sem numa viagem longa com bebê de 1 ano. O espaço adicional vale cada centavo, pois além de dar um pequeno local para a criança se mexer, você pode fazer um mini-acampamento e deixar fácil as mamadeiras, copo de água, fraldinha de boca e outras tralhinhas nos bolsões da frente. Além disso não precisa incomodar ninguém quando precisar ir ao banheiro.

IMG_4299

  • leve um kit caprichado de brinquedos: esse item é obrigatório para a tranquilidade da criança por alguns minutos. Escolhi os livrinhos que ela mais gostava, alguns chocalhos que não faziam barulho e comprei alguns giz de cera e canetinhas para desenhar. Não confiei em ficar apenas no tablet, que é item essencial, pois queria ter opções para variar os estímulos. Tivemos sorte de pegar um voo vazio na volta, e assim colocá-la para assistir desenho foi bem mais fácil 🙂

9fe651cbd30b05f7acfc14b110e27da2

  • leve comidinhas extras para imprevistos: além de levar as refeições já habituais do bebê, recomendo levar doses extras de leite e de papinhas para se garantir em caso de atrasos ou outros imprevistos. Biscoitinhos também são excelentes para distração, se seu filho já comer esse tipo de alimento. Levamos tantas coisas que a agente de aeroporto de Miami até brincou dizendo que a Camila deveria ser comilona, por conta do tanto de potes de papinha que colocamos na mochila para o voo de volta. Prefiro pecar pelo excesso que pela falta, hehe.
  • leve um travesseiro: esse item foi fundamental para o conforto da Camila durante seu soninho. Com 1 ano, ela já não cabe muito bem no colo e até se incomoda de ficar nessa posição. O travesseiro é super trambolho pra levar, mas vale a pena!

IMG_4751

  • leve várias trocas de roupa para o bebê: essa dica é a mais óbvia de todas, mas não podia deixar de listar pois no voo para Los Angeles a fralda vazou antes mesmo da decolagem, hahaha. Não custa lembrar.

IMG_4298

Além dos voos longos, nessa viagem fizemos trechos mais curtos, como Los Angeles-Cancún e Cancún-Miami, mas as dicas também foram válidas nesses trechinhos.

Hospedagem:

Como item essencial de planejamento de viagem com bebê, já citei em outros posts a importância de checar com o hotel a disponibilidade do berço. Em nossas reservas deu tudo certo e Camila se adaptou muito bem aos 3 berços em que dormiu durante nossas férias.

IMG_4749

Alimentação:

Faço questão da alimentação saudável e com isso, optamos por hotéis com cozinha para que pudéssemos cozinhar e levar as comidinhas para os passeios. Dá trabalho sim chegar no hotel após um dia intenso e preparar os papás, mas a sensação de estar fazendo o melhor por seu bebê vale a pena.

IMG_4641

O esquema era cozinhar de noite e já deixar o almoço pronto para levar no outro dia. Pela manhã, antes de sair para os passeios preparava o kit com:  fruta da manhã+ almoço + água para a mamadeira da tarde + fruta da tarde + água + suco. Relembro mais uma vez o quanto amo meus potes térmicos para armazenar as refeições.

IMG_4336

E assim, com rotina e organização fica muito fácil viajar com bebês. Como sempre digo, exige mais planejamento, mas é uma delícia.

Com 1 ano e 1 mês, foi lindo ver a Camila repetir palavrinhas em inglês e espanhol, interagir com as pessoas, correr, brincar e se divertir muito. E por falar nisso, acredito que essa tenha sido a novidade em relação às viagens anteriores: a necessidade de correr e brincar.

Programamos em todos nossos passeios um tempo para ela se divertir fora do carrinho (que continua sendo item fundamental para a viagem), fosse numa praça qualquer, ou no corredor de alguma loja. Víamos na carinha dela a felicidade ao desbravar novos ambientes e essa acaba sendo uma dica bem importante nessa fase: reserve um tempinho na agenda para o bebê brincar. Adorei frequentar os lindos playgrounds de Anaheim!

IMG_4619 IMG_4621 IMG_4693

No mais, afirmo novamente que é muito bom viajar com bebês e que se você respeitar a rotininha de comer, brincar e ter um lugar confortável para dormir, você curtirá muito todos os passeios.

Essas são as dicas que estão funcionando pra gente e espero que ajude novas famílias de viajantes com bebês. Caso tenha alguma dúvida, é só comentar que eu conto nossas experiências! Até mais 🙂

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Viajando com bebês (1 ano)

2 Respostas para “Dicas para viajar com bebês de 1 ano

  1. adorei suas dicas, estou planejando viajar em janeiro para vegas e minha bebê estará com 1 ano e 3 meses. Em que hotel vc ficou? estou atras de dicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s