Barbados – primeiro dia

Uma das coisas mais legais de conhecer lugares novos é a deliciosa sensação de ter que aprender como as coisas funcionam por lá, sejam coisas simples como saber como são pesados os legumes no supermercado até itens mais complexos como o comportamento dos motoristas no trânsito. Antes da viagem, eu pesquiso bastante sim sobre isso, porém a prova real vem mesmo é no primeiro dia, quando você começa ver ao vivo aquilo que até então era teoria. Outro ponto que me deixa curiosa ao começar a desbravar o destino é saber da sua história, pois tudo que vemos acontecer está relacionado à isso. Como o Loedi é mais interessado nessa parte, ele lê tudo que encontra e vai me contando. E assim vamos construindo nossa percepção de cada lugar que visitamos.

Comentei no post anterior sobre nossa percepção inicial sobre a simpatia do povo “bajan”, adjetivo que eles usam quando se referem à tudo que é de Barbados. Um outro fato que notei é que as pessoas são bem altas! E sair dirigindo em mão inglesa em nosso primeiro dia de passeio por lá nos trouxe uma série de outras boas impressões.

Para o domingo, escolhemos ir numa praia próxima para descansar e não ficar muito tempo no carro. Como ainda não conhecíamos o jeitão da ilha, é claro que não conseguimos achar o lugar que queríamos, mesmo usando o super Google Maps offline (viva a tecnologia!) Por outro lado, encontramos uma praia super sossegada na frente de um resort, onde achamos uma sombra deliciosa para montar acampamento.

DSC08090 DSC08092

O mar não era piscininha do jeito que gosto, mas por conta da sombra e de termos bastante tempo ainda para explorar as praias da ilha, decidimos ficar ali mesmo e aproveitar a calma do local. O que mais amo nas praias do Caribe é que mesmo sendo altíssima temporada, você se sente como se fosse uma segunda-feira qualquer, de tanta tranquilidade na areia. Ficamos ali curtindo o delicioso calor, o sol e observando as várias cores do mar caribenho.

DSC08096 DSC08100

Enquanto isso, Camilinha se divertia muito na areia e com a água em sua piscininha. E quando não aguentou mais, não resistiu à uma relaxante sonequinha com a brisa de Barbados. Nós aproveitamos e também tiramos um cochilo, e eu fui acordada por uma moça que me disse que eu não poderia deixar de registrar a filhinha e o papai dormindo do mesmo jeitinho. É claro que eu segui a recomendação da moça 🙂

DSC08110 IMG_5733 IMG_5735

Nesse tempo, minha mãe, minha sogra e eu fomos caminhar e curtir a paisagem. Para quem já conhecia a vibe do Caribe, essa praia em que estávamos nem era nada demais. Porém, para as duas era a primeira vez numa praia fora do país e elas estavam encantadas com tudo. Andamos um monte aproveitando o visual e tirando muitas fotos.

IMG_5724 IMG_5758 IMG_5762 IMG_5737 IMG_5738

Fazia muito calor, porém o vento em Barbados é muito forte e constante, o que ameniza bastante a sensação térmica. Não se assuste se estiver planejando viajar para lá e ver o símbolo da foto abaixo na previsão do tempo. Durante nossa estadia toda apareceu esse ícone e mesmo assim tivemos sol e tempo bom todos os dias.

IMG_6394

Ainda assustados com os preços do dia anterior, resolvemos ir até uma loja de conveniência bem pertinho da praia para comprarmos algo para comer. Que delícia andar pelas ruas com um povo que faz questão de sorrir pra você e te cumprimentar. Que delícia estar no Caribe com cara de Caribe 🙂 Tudo o que tínhamos lido sobre a simpatia dos moradores se concretizava a cada passo nosso.

IMG_5722

Compramos apenas algumas bebidas, petiscos e biscoitos como almoço e ainda assim gastamos muito! Voltamos para a praia com nossa sacolinha de muitos dólares e mais uma vez focamos na frase mestre de quem converte não se diverte.

IMG_5723

Ficamos mais um tempo por lá, descansando e cumprindo nosso próposito do dia: relaxar após um dia inteiro de viagem no sábado. Voltamos para nosso sobrado, fomos ao mercado e por lá jantamos.

IMG_5766

Como não queríamos mexer na rotininha da Camila, continuamos seguindo o horário do Brasil nessa semana e assim dormíamos e acordávamos bem cedo. Assim, por volta das 19h de Barbados já estávamos nos preparando para dormir. Realmente foi uma semana focada no doce prazer de não fazer nada.

Para o próximo dia escolhemos bem a praia em que íamos passar o dia e pesquisamos bem certinho como chegar. O destino foi Paynes Bay que será o assunto do próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Barbados, Caribe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s