Cartagena: primeiras impressões e um grande susto pra começar a viagem

Escolhemos um apartamento na região de El Laguito, próximo ao bairro de Bocagrande (região com mais prédios altos e modernos da cidade), contrariando todas as recomendações que lemos sobre a quase que “obrigatoriedade” de escolher uma hospedagem dentro da Cidade Amuralhada que é o principal atrativo turístico de Cartagena. O que nos levou a optar por essa região foi o preço e também a facilidade e rapidez de acesso à parte histórica.

capture

Essa região é repleta de comércio, restaurantes, mercados e ambulantes! Aliás, umas das primeiras impressões que se tem na cidade colombiana é a quantidade de gente tentando te vender tudo que é possível. Mas quer saber? Nem achei tão chato quanto li em alguns relatos. Basta dizer um bom “no, gracias” que a maioria não te encherá o saco.

Em nosso primeiro dia, acordamos bem cedo e fomos em busca de um lugar para tomar café e também fazer compras, uma vez que ainda não tínhamos nada em nosso apartamento. Eis que nossa primeira manhã em Cartagena se transforma em uma das mais desesperadoras de nossas vidas….

Encontramos uma padaria bem bacana, com grande variedade de pães e doces e resolvemos sentar por ali. De repente, Loedi enconsta no copo de café quente que cai sobre a Camila. Foram os momentos mais tensos de nossas vidas enquanto pais, ver a menina chorando, sem entender bem o que estava acontecendo e outros sentimentos que prefiro nem lembrar para escrever aqui.

A solidariedade dos colombianos foi incrível e em segundos todos que estavam na padaria ficaram ao nosso redor tentando ajudar. Eu estava em prantos, chorando tanto quanto a Camila e felizmente o Loedi se manteve calmo o bastante para raciocinar e pensar que tínhamos que correr para o hospital. E foi isso que fizemos! Pegamos um táxi e logo estávamos no hospital Bocagrande.

urgencia_hospital

Recebemos excelente atendimento e para nosso alívio o susto foi maior que a queimadura. Nunca irei esquecer a enfermeira que ao me ver chorar me abraçou e disse: “fique tranquila, sua filha está bem e não foi nada grave”. O atendimento ali recebido fez a diferença e só assim consegui me acalmar.

Após um tempo em observação, foi dada a alta para a baixinha e apenas a recomendação de aplicarmos uma pomada que eles nos deram. Pegamos um táxi de volta para o apartamento e ficamos tentando nos recuperar emocionalmente do grande susto. A Camila já estava super bem e parecia ter esquecido o que aconteceu. Loedi estava ainda lidando com o sentimento de culpa e eu meio abobada perante a situação. Foquei em pensar positivo, em pensar que nossa viagem estava apenas começando e propus voltarmos aos planos iniciais e ir ao mercado. Ficar ali no apartamento não ajudaria em nada…

E assim seguimos nosso dia, indo ao mercado, almoçando no shopping e tomando um sorvetinho para refrescar o calorão e a alma.

20161223_164242833_ios 20161223_174113754_ios 20161223_163737610_ios

Deixamos a Camila dormir bastante de tarde, nós também tiramos um cochilo e pra fechar o dia a levamos na piscina do condomínio.

img_0674

Pra um dia como esse, até que aproveitamos nossa ambientação em terras colombianas. Que bom que hoje trata-se apenas de mais uma história de nossas aventuras em família e que felizmente teve final feliz 🙂

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em América do Sul, Cartagena, Colômbia

2 Respostas para “Cartagena: primeiras impressões e um grande susto pra começar a viagem

  1. Janaina

    Ui! Eu entraria em pänico rsrs… Graças a Deus não foi nada sério!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s