Hot Park com criança de 3 anos

Se em nossa primeira ida ao parque a Camila (que estava com 1 ano e 10 meses) aproveitou muito, estávamos mais uma vez curiosos para saber como seria a visita agora com 3 anos. Após o café da manhã no hotel encaramos a subida com o carrinho e lá fomos nós para o Hot Park. Havíamos comprado online o ingresso para 2 dias e mesmo assim tivemos que encarar uma longa fila. Sorte que a área é coberta para amenizar o sol , os funcionários bem atenciosos e no final das contas até que andou rápido.

Achamos que nessa idade a área favorita seria o Hotibum, mas nos enganamos. Ela tem medo do baldão e nem quis chegar perto dos toboáguas de lá. Assim, decidimos ir para o Clubinho das Crianças onde ela se sentiu bem mais à vontade. Por ali passamos boa parte de nossos dois dias 🙂

Ali é bom porque é bem rasinho, a água estava mais quente que em outras piscinas e assim pudemos deixá-la bem à vontade. Acho que ficamos tão relaxados que até esqueci de tirar mais fotos, rsrsr. Depois dali seguimos para a Praia do Cerrado para aproveitar um pouco mais já que na vez anterior mal passamos por lá. Com certeza é a área que aparenta estar mais cheia no parque, porém resolvemos encarar e até umas cadeiras encontramos. Começamos pelo cantinho onde tem a Praia da Marina, a personagem tartaruga do Hot Park.

O restaurante por kg do parque fica ali e aproveitamos para dar almoço para a Camila. Pouca opções e preço bem salgadinho, mas um ambiente bem gostoso para sentar e descansar um pouco.

E como o almoço nos dois dias foi nesse restaurante, era nesse horário que aproveitávamos a Praia do Cerrado. Porém como era o período de sol mais forte ficávamos apenas o tempo suficiente para a Camila pular uma ondas, brincar um pouco na areia e logo íamos para outra área.

Estávamos de olho nos horários de aparições da Turma do Cerrado lá no Hotibum efomos pra lá aguardar o encontro com os personagens. Como a área na frente do palco tem vários brinquedinhos e é coberta, era bem fácil sentarmos e observar a baixinha brincando enquanto esperávamos os bichinhos aparecem.

Nessa época do ano (junho), apesar das águas quentinhas e do calor há um ventinho gelado que nos fazia sentir frio quando saíamos da água. Nossa estratégia então foi buscar as piscinas com água mais quente que eram as de fundo de areia. O roupão que levamos pra Camila foi mais útil dessa vez justamente por esse fato, e eu senti falta de ter um pra mim 🙂 O jeito era aproveitar a deliciosa água quentinha dessas piscinas e correr pra se secar ao sair. Como a Camila faz natação agora e já sabe se virar na água, essa atração foi bem divertida pra todos nós.

Outra atração que continua fazendo sucesso com a baixinha é o Lazy River, onde também demos muitas risadas em família.

E assim passamos mais dois dias maravilhosos no Hot Park! Um destino bem legal para as crianças e relaxante para os papais. É claro que com a Camila maiorzinha ela aproveitou bem mais e não dormiu à tarde nenhum dos dias, mas capotava no carrinho na volta para o hotel. A única coisa que foi melhor da outra vez foi a época (fomos em abril) pois o vento não era tão geladinho e não me lembro de termos sentido tanto frio ao sair das piscinas. Com certeza voltaremos muitas outras vezes para o maior parque aquático do mundo e a cada fase a aventura será diferente. Mal posso esperar para ir nos toboáguas mais radicais com nossa baixinha 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Brasil, Centro Oeste do Brasil, Rio Quente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s