Chegando em Tóquio

Para ir ao Japão você levará pelo menos 25 horas de voo e mais umas boas horas de conexão nos EUA, Europa ou Dubai. Lembro que quando estávamos verificando as opções ficamos na maior dúvida se encararíamos a ida pelos EUA ou por Dubai, geralmente as opções mais rápidas. O que nos fez decidir ir pelos Emirados Árabes foi nossa vontade de fazermos uma parada na volta, para “quebrar” a viagem um pouco. Se você acompanha o blog há mais tempo já deve ter lido meu trauma do voo Dubai-GRU com duração de mais de 15 horas, mas acabei criando coragem de encará-lo novamente tendo em mente que poderíamos conhecer Abu Dhabi, um destino inédito para toda a família  e também poderíamos levar a Camila para conhecer Dubai.

Após meses e meses de planejamento, finalmente chegou o dia de nosso embarque para o outro lado do planeta. Se viagem de férias já dá um friozinho na barriga na hora de arrumar as malas, imaginem se preparar para passar 20 dias com uma criança de 5 anos na Ásia….O jeito para amenizar a ansiedade foi ir fazendo uma lista dos itens que precisaríamos levar alguns dias antes de começarmos a arrumação das bagagens. Com as malas fechadas, embarcamos num Uber para nossa maior aventura em família até então….

Chegamos no guichê da Emirates em São Paulo para fazermos o check-in e fomos atendidos por uma “anja” que nos colocou numa fileira de 4 lugares e bloqueou o assento do meio. Ou seja, conseguimos ir muito confortáveis no trecho mais longo da viagem de ida. O atendimento da Emirates é realmente diferenciado e o carinho com que trataram a Camila foi muito legal. Mal pude acreditar quando o piloto disse “portas em automático”. Era realmente o início de nossa viagem dos sonhos.

Nesse primeiro trecho, Camila dormiu pelo menos 8 horas, o que  garantiu chegarmos super bem em Dubai. Ao desembarcarmos, ela estava 100% disposta com tanta novidade para todos os lados.

Após quase 4 horas de espera, o embarque para Tóquio iniciou e dessa vez fomos numa fileira de 3 lugares. Tínhamos menos conforto que no trecho anterior, porém o espaço era suficiente para Camila dormir bem. Dormiu tão bem que até fez xixi no avião e em mim (rsrsrsr). Para ela tínhamos roupa extra, já eu tive que conviver com o mal cheiro mais umas horinhas, hehe.

E finalmente, após 35 horas de viagem, pousamos em Tóquio. Nesse momento o cansaço desapareceu e meu sentimento era inexplicável. Passamos pela imigração eletrônica que te dá boas-vindas em português, pegamos nossas malas, descobrimos o caminho para os trens e seguimos.

Como havíamos comprado no Brasil o Japan Rail Pass, passamos no escritório deles no aeroporto para validarmos nossos tickets. Com tudo ok, embarcamos no trem (mais uma hora) para chegarmos ao nosso apartamento.

Ao sairmos da estação, ainda tínhamos mais 15 minutos de caminhada e graças às super detalhadas instruções que recebemos de nossa anfitriã nos perdemos só em algumas quadras.

A melhor sensação da viagem foi avistarmos o letreiro do apartamento e pensar: logo tomaremos banho e deitaremos numa cama, haha.

Sem dúvida nenhuma, a Camila era a mais descansada de todos e ainda quis jantar. Lá fomos nós preparar uma macarronada rápida para a baixinha. Tomamos banho, nos entendemos com o funcionamento do apartamento em que nos hospedamos e finalmente fomos dormir.

Como estávamos exaustos e chegamos à noite, não sentimos muito o jetlag e capotamos. Porém, como o sol estava nascendo perto das 4h da manhã, nesse horário já estávamos acordados e prontos para curtir a cidade.

Para começar, descobrimos que existiam vários mercados 24h por lá e então fomos fazer nosso primeiro passeio em terras japonesas com a missão de encontrarmos pão para nosso café da manhã, já que tínhamos levado café, açúcar e adoçante.

Que aventura ter que adivinhar o que eram as coisas, decifrar desenhos e entender um pouco do funcionamento do mercado!

Que delícia estar num mundo completamente diferente do que vivemos! Que sensacional saber que eles eram apenas os nossos primeiros minutos em nosso país favorito desse mundão até agora! Embarque conosco nos próximos posts e confira mais essa aventura em família.

2 comentários sobre “Chegando em Tóquio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s