Tóquio com crianças: Pokémon Center

Quem via nossa empolgação para desbravar a capital japonesa sequer imaginava que havíamos encarado a maratona de voos nos dias anteriores. Como acordamos cedo, antes das 09 da manhã estávamos na estação aguardando o trem para irmos à atração mais esperada pela Camila naquele dia: o Pokémon Center. Para quem um dia já jogou Pokémon Go e curtiu caçar os bichinhos, esse é um passeio obrigatório na terra natal deles. 

Como era domingo, pegamos trens vazios e pudemos ir sentados durante todo o trajeto. Nos impressionamos com o silêncio nos vagões e limpeza impecável das ruas e estações. Chegamos ao Pokémon Center antes do horário de abertura e já havia fila para entrar. Os japoneses realmente são fanáticos por Pikachu e companhia. Aproveitamos o tempo de espera para tirarmos umas fotos na entrada do prédio.

Assim que entramos Camila já se encantou com o Snorlax gigante exposto no hall principal e em seguida ficou alucinada ao ver pelúcias de toda a coleção de Pokémons.

E é claro que nós também entramos no clima! Aproveitamos para olhar todas as opções de compra, observar o fascínio dos japoneses pelos Pokémons, a presença da tecnologia para encantar os clientes e curtir a experiência proporcionada pela loja. 

Felizmente a Camila não é de pedir coisas em lojas e se contenta apenas em ficar olhando e mexendo nas mercadorias. Como sempre compramos alguma lembrança da viagem para ela, nada mais especial que presenteá-la com um lindo Pikachuzinho (que até hoje, 5 meses após a viagem, é o companheirinho dela para todas as horas).  Nesses momentos me orgulho de não sermos consumistas, pois é tudo tão fofinho no Pokémon Center que se fôssemos mãos abertas faltaria espaço nas malas da volta, hehe. 

Pra quem é extremamente fanático ou está disposto a gastar uns bons ienes (não foi nosso caso),  na saída da loja existe o Pokémon Café com pratos temáticos bem lindinhos. 

Quando saímos da loja já era hora de almoçar, mas como estávamos em adaptação ao jet lag não sentíamos fome ainda. Para acelerar o processo de se acostumar com o horário local, fomos buscar um Mc Donald´s para comermos e assim ir pouco a pouco ajustando nosso relógio biológico. 

Após o almoço, fomos conhecer a primeira atração turística em Tóquio: os jardins do Palácio Imperial que vocês podem conferir no próximo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s