Arquivo da categoria: Orlando com bebê de 6 meses

Orlando com bebê de 6 meses – Compras

Uma de minhas preocupações era saber como iríamos nos virar nas lojas com a Camilinha junto. Sabíamos que aquela estratégia que usávamos antes, de combinar horário e se encontrar em determinado lugar não funcionaria mais, porém é claro que deveria existir uma forma de conseguirmos nos divertir com compras. A maneira que encontramos foi dividir o tempo e enquanto um ficava com ela o outro ia procurar seus itens e vice-versa. E é claro que quando os itens eram pra ela, ficávamos juntos. E pra ela aguentar o nosso ritmo, é claro que fazíamos algumas pausas para distraí-la.

20141227_174914286_iOS

E é óbvio também que mantínhamos certinho a rotina dela. Quando dormia, aproveitávamos para focar em nossas comprinhas 🙂

20141228_161020690_iOS 20141228_192849793_iOS

Já escrevi em outros posts, mas vou repetir por aqui. Aliás, acho que repetirei isso todas as vezes que for falar sobre compras nos EUA. Sou uma que não gosta dos famosos outlets que os brasileiros tanto amam. Aliás, em Orlando, juro que muitas vezes tinha certeza de estar no Brasil devido à imensa quantidade de conterrâneos por lá. Minhas perdições de compras por lá são:

Walmart: quer me ver feliz é me soltar nesse hipermercado em terras americanas. Faço a festa pra mim e pra Camila, amo os precinhos camaradas e a variedade de itens para bebês.

Ross Dress for Less: a loja exige paciência, mas quando você começa a achar itens que te interessam por preços difíceis de acreditar, você percebe que a falta de organização do estabelecimento nem faz tanta diferença.

Target: eis uma em que em Orlando só achei bons negócios pra Camila. Os itens adultos estavam muito caros pro meu padrão de compra e não trouxe nada para mim de lá. Contudo, em outras viagens já achei muitas coisas boas e baratas.

Old Navy: loja super barata e onde compramos várias peças pra Camila por 2 ou 3 dólares. Pechincha total, porém com qualidade (aguenta até secadora)

20141227_225242900_iOS

Babies R Us: mais uma perdição para as mamães de plantão. Foi lá que achamos a cadeira de alimentação que trouxemos para a fofucha.

DSC06831

Carters: a favorita das mamães brasileiras, onde deixamos alguns dólares. Sempre tem excelentes promoções daquelas que te obrigam a gastar mais. Pra mim, a melhor marca de roupas para bebês.

Gap: amo as calças jeans de lá, porém como no ano anterior tinha comprado algumas peças, os modelos não mudaram e as que estavam disponíveis por lá, eu já tinha 😦

Tommy Hilfiger: outra que os brazucas amam, mas onde eu só compro peças de no máximo 10 dólares. Em Orlando, achei boas blusinhas nesse preço.

Burlington: outra loja de departamentos onde sempre encontro bons negócios.

Esses foram os principais lugares que visitamos para fazer compras em Orlando e de todas as vezes que fomos pros EUA essa foi a que menos compramos. A Camila foi a que mais foi beneficiada, e assim garantimos as roupinhas dela até 2 anos. Fazer compras com uma bebê de 6 meses junto foi bem tranquilo, bem como tudo nessa viagem.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em América do Norte, Estados Unidos, Orlando, Orlando com bebê de 6 meses

Orlando com bebê de 6 meses – Sea World

Assim como o Magic Kingdom, o Sea World também é um parque para a família e por isso que resolvemos incluí-lo em nosso roteiro. Para nossa surpresa, o parque não estava tão lotado e assim pudemos aproveitar muito!

DSC06807 DSC06808

Nossa ideia era apenas ver os bichos e os shows, uma vez que meu sobrinho é apaixonado por animais. Porém, ao percebermos que a fila da Manta, a melhor montanha-russa que já fui na vida, era de apenas 5 minutos, é claro que resolvemos encarar. Deixamos a Camila com meu cunhado e lá fomos nós!

IMG_2855

E não é que a Kraken, outra montanha-russa do parque, também estava sem fila? Acionamos os papais e as mamães foram curtir mais uma atração radical do parque.

IMG_2866

Logo em seguida, fomos ver o show dos golfinhos e mesmo já tendo assistido, achei lindo outra vez. A Camila capotou bem na hora….

IMG_2862

Meu sobrinho ficou alucinado e ver a carinha dele foi bem bacana.

DSC06810

O Seaworld também conta com excelente estrutura para bebês. Em quase todos os banheiros há trocadores, e perto das atrações sempre há estacionamentos de carrinhos. O mesmo esquema de alternar carrinho e canguru funcionou mais um dia 🙂 🙂

DSC06813 DSC06815

Andamos por tudo e seguimos em direção ao Shamu Stadium para assistirmos ao show das baleias. A decoração de Natal no lago estava digna de parar para fotografar.

DSC06820 DSC06823

Vimos o show das baleias, fomos ver o urso polar e quando nos demos conta, já era noite. A decoração de Natal estava linda, pena que não consegui tirar boas fotos 😦

DSC06826

Revisitar o Seaworld foi uma delícia e mais uma prova de que um bebê se diverte muito quando os pais estão se divertindo. Tudo correu do jeito que imaginávamos e voltamos pro hotel quando nossos pés já pediam socorro de tanto andar…

Deixe um comentário

Arquivado em América do Norte, Estados Unidos, Orlando, Orlando com bebê de 6 meses

Orlando com bebê de 6 meses – Magic Kingdom

Para quem quer saber sobre minha experiência de “adultos sem filhos” em Orlando, recomendo a leitura dos meus posts da primeira viagem que fiz pra lá. Nesse post vou contar como foi viajar pra lá com uma bebê de 6 meses.

Como contei no post de planejamento, voamos para Miami e seguimos de carro pra Orlando. Achei a viagem cansativa, mas não tão ruim quanto eu imaginava. Como há várias paradas com restaurantes, banheiros e outras comodidades na estrada, pudemos parar com conforto para dar uma descansada. Só paramos uma vez na ida e outra na volta e foi suficiente para acalmar os ânimos da Camila e do meu sobrinho Gustavo de 2 aninhos.

IMG_2712

Tenho certeza de que voltarei muitas vezes para Orlando e se vocês me perguntarem se faria de novo o trecho via Miami eu responderia que não. O principal motivo de querer ir direto pra Orlando da próxima vez é que não achei legal fazer um voo longo e ainda não ter chegado ao destino final. Haja sangue frio pra driblar a ansiedade…

Nos hospedamos no Legacy em Kissimmee e gostei muito do apartamento com dois quartos, dois banheiros, cozinha equipada e sala. O resort oferece piscinas, quadras, playground, e muitas outras opções de lazer. Porém, como nossa estadia foi curta nem pudemos aproveitar essas comodidades. A localização é excelente, perto dos parques e das principais lojas como Ross, Walmart, Target, dentre outras.

Nosso primeiro dia foi dedicado às compras e começamos logo por uma das lojas que mais gosto: a Target! Foi lá que comprei meus super potes térmicos para armazenar as papinhas da Camila, que até então teve que se contentar com papinhas Nestlé. Mas quer saber? Pra ela tudo era diversão 🙂

IMG_2715 IMG_2719

À noite, fomos para Downtown Disney, que ainda não conhecíamos e achamos o máximo! Passeamos bastante por lá e passamos horas nas lojinhas vendo as lindas (e caríssimas) mercadorias das lojas Disney que amo de paixão.

IMG_2731 IMG_2773 IMG_2779

Downtown Disney aumentou ainda mais a minha vontade de voltar ao Magic Kingdom, que foi nosso programa no dia de natal. Como sabíamos que seria dia de lotação máxima, acordamos cedo para garantir nosso lugar no parque. Todos prontos, partimos para o lugar mais mágico do mundo 🙂

IMG_2800 IMG_2805 IMG_2807

Havíamos agendado Fast Pass para as 3 atrações possíveis e resolvemos começar passando para ver o Mickey. Já disse isso em outro post, mas vou repetir aqui: a Camila não lembrará de nada, mas tenho certeza que eu e o Loedi jamais esqueceremos a cena dela encantada com o Mickey 🙂 🙂 🙂 E também o carinho que o Mickey teve com ela. Foram momentos mágicos logo no início de nosso dia.

IMG_2830 DSC06673

O parque estava lotado, mas mesmo assim a organização da Disney é invejável. Pudemos curtir tranquilamente, já que era nossa segunda vez e estávamos ali sem a pretensão de ir em todos os brinquedos. Não recomendo essas datas de lotação máxima para quem está indo pela primeira vez, mas se você não tiver opção é possível se divertir sim.

DSC06677

No dia anterior, tínhamos passado muito calor e assim fomos desprevinidos para o parque. Porém o tempo virou e esfriou muito a ponto de termos que comprar os moletons mais caros do mundo para podermos aguentar a temperatura. Sorte que pra Camila tínhamos levado blusinha e cobertor. Ufa!!!!

IMG_2835

Fomos na Haunted Mansion, It’s a Small World, Mickey’s Phiharmagic, na atração do Ursinho Pooh e da Ariel e a Camila ligadona vendo todas as luzes, cores e músicas. O bom do Magic Kingdom é que a maioria das atrações pode ser aproveitada em família e assim fizemos um passeio totalmente diferente da nossa primeira visita onde o objetivo maior eram os brinquedos de adrenalina.

Um item fundamental para os papais sobreviverem aos dias de parque é o carrinho. Juro que mesmo aqui em Curitiba não consigo entender os pais que saem de casa com bebê sem carrinho. Nós usamos muito esse item e acho imprescindível que seja confortável para a criança, para que ela possa passar algumas horas ali bem boazinha. No Magic Kingdom há vários estacionamentos de carrinho e até mesmo organizadores para o local. Achei o máximo! Entre uma atração e outra, era ali que ficava nosso equipamento.

IMG_2839

E para as necessidades dos bebês, o Magic Kingdom oferece o Baby Care Center, onde podíamos trocá-la, alimentá-la e até comprar algum item caso tivéssemos esquecido.

DSC06682 DSC06683 DSC06685

 E mais uma vez repito a importância da rotina na vida da Camila para ela ser uma excelente parceirinha de viagem. Quando cansava do carrinho, ia pro canguru descansava e voltava. Um dia inteiro de diversão sem nenhum chororô #orgulhodospais

DSC06699 DSC06717DSC06723

E nos períodos de soninho, aproveitávamos para virar criança de volta e curtir toda a magia Disney.

DSC06730 DSC06763 IMG_0388

Tenho certeza que ao olhar as fotos no futuro ficarei muito orgulhosa dessa aventura. Quando teria de novo a chance de ver minha bebezoca fazendo parte do cenário mais encantador do mundo?

IMG_2846 DSC00022 DSC06778

É óbvio que pretendemos voltar muitas e muitas vezes, mas ela nunca mais será nossa pitchuquinha de 6 meses, hehe.

Ficamos até escurecer, e só não ficamos mais porque o frio começou a apertar e não queríamos correr o risco da Camila ficar dodói por conta disso.

Nosso dia foi incrível e temos certeza que jamais esqueceremos tudo que vivemos passando o Natal de 2014 no Magic Kingdom. Mais uma vez, minha profunda admiração pelo senhor Walt Disney 🙂

2 Comentários

Arquivado em América do Norte, Estados Unidos, Orlando, Orlando com bebê de 6 meses