Arquivo da categoria: Alemanha

Região dos lagos da Bavária

No domingo ensolarado que fomos pra Salzburg, nos chamou a atenção na estrada um congestionamento na entrada de Tegernsee. Conversando com minha amiga Sabrina que mora na Alemanha, descobrimos que aquela região é destino de verão uma vez que é cheia de lindos lagos, spas e hotéis. Como tínhamos mais um dia livre, resolvemos ir pra lá pra ver o que a região oferecia.

Começamos o passeio por Bad Wiesse, um vilarejinho muito charmoso à beira do lago. Por ali, parecia que era feriado de tão parada que estava a cidade. Não sei se era por causa do tempo chuvoso, mas tudo estava vazio. As construções enfeitadas e cheias de flores típicas da região logo apareceram em nosso caminho.

DSC06459 DSC06461DSC06505DSC06508

E se os lagos são o principal atrativo, foi pra lá que fomos caminhar. A chuva deu uma trégua e assim pudemos contemplar a linda paisagem. As nuvens baixas deram um charme especial ao lugar, que parece ser feito para o relax mesmo. Cabines com cortininha com vista para o lago, cadeiras bem largas, parquinho, pista de caminhada, tudo pensado para a qualidade de vida.

DSC06468 DSC06474IMG_2017IMG_2019 DSC06475 DSC06481 DSC06490

 

Nesse rápido passeio começamos a entender o congestionamento no dia ensolarado. A poucos quilômetros de Munique, essa região proporciona paz e tranquilidade para quem quer descansar. Se achamos tudo bacana com o tempo feio, imagina em um dia ensolarado…

De lá, seguimos para outra cidadezinha que parece ser a mais estruturada para a recepção de turistas: Tegernsee. Mesmo sendo maior, também aparentava cidade de litoral fora de temporada. Muitos comércios fechados, pouca circulação de pessoas. Tivemos dificuldade pra encontrar um lugar pra almoçar, mas felizmente achamos uma padaria com alguns sanduíches e foi lá que sentamos. Foi nosso primeiro contato com os locais e a tia não falava nada de inglês, mas nossa super habilidade de mímica nos salvou mais uma vez 🙂

IMG_2030

Após o almoço, fomos pro lago e agora o tempo estava bem melhor. Por ali, o mesmo esquema na beira do lago, cadeiras, trilhas e alguns restaurantes. Em Tegernsee encontramos algumas pessoas curtindo a paisagem, mas ainda assim poucas.

IMG_2038 DSC06511 DSC06525 DSC06534 DSC06538 IMG_2031

Achamos tudo muito bucólico e ficamos bem curiosos pra saber como fica a região no verão, lotada de pessoas curtindo a paisagem e as atrações. Valeu a pena termos ido conhecer essa parte da Alemanha que nunca tínhamos ouvido falar. Mais uma vez ficamos impressionados com o cuidado que esse povo tem com suas propriedades, tudo arrumadinho, bem conservado e cheio de flores.

Voltamos pra Munique revigorados após respirarmos o ar puro e calmo da região dos lagos 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Tegernsee

Garmisch-Partenkirchen

Continuando nosso passeio pela rota romântica, seguimos para a simpática cidadezinha de Garmisch-Partenkirchen. O caminho mais uma vez era lindo e nem vimos passar o tempo do trajeto.

DSC06201 DSC06202 DSC06204 DSC06207

O grande atrativo da cidade é o Zugspitze, que é a montanha mais alta da Alemanha. Com seus 2962m, é possível avistá-lo de longe se destacando na paisagem.

IMG_1902

DSC06221

Nossa rota por lá começou pelo lago Eibsee, que fica bem próximo ao teleférico que dá acesso ao topo da montanha. Resolvemos não subir devido à elevada altitude, que poderia gerar algum desconforto no ouvido da Camila, mas deu uma enorme vontade de contemplar a vista naquele dia tão bonito e ensolarado. O lago Eibsee tem águas cristalinas e a paisagem ao redor forma um cenário magnífico. Valeu muito a pena termos ido até lá.

DSC06208 DSC06210 DSC06211 DSC06218

Após visitarmos o lago, seguimos para o centrinho de Garmisch e aproveitamos para fazer uma pausa pro mamá da baixinha.

DSC06227

O centrinho da cidade é encantador. Além das casas pintadas, que é a marca do local, as fachadas floridas e muito bem cuidadas encantam a todos. Caminhamos por todo o calçadão olhando para tudo e muito felizes de estarmos ali. Pena que tínhamos pouco tempo.

DSC06226 DSC06229 DSC06233 DSC06238 DSC06239DSC06244

Observando as pinturas nas casas, nos divertimos muito tentando decifrar as histórias que representavam. Haja criatividade 🙂 Após muitas risadas e com um delicioso clima de outono, chegava a hora de voltarmos pra Munique.

DSC06248 DSC06250

E assim terminamos mais um dia de passeio pela Bavária.

Deixe um comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Garmisch-Partenkirchen

O lindo castelo de Neuschwanstein

Eis que chega o dia de visitarmos um dos principais cartões-postais da Alemanha, cujo nome jamais saberei escrever sem consultar no Google: o castelo de Neuschwanstein. Mas, antes de chegar ao destino, a estrada que leva até lá é uma atração à parte. Estava super ansiosa pra conhecer um pedacinho da famosa Rota Romântica alemã e também para passar bem pertinho dos alpes. Quando chegamos nesse trecho, ficamos boquiabertos com a paisagem! Parecia um comercial do chocolate Milka, com as vaquinhas pastando com as lindas montanhas ao fundo. Uma estradinha mais estreita, rodeada de árvores e construções típicas da Bavária. Tudo muito bonito!

DSC06130 DSC06131 DSC06136 DSC06137 DSC06143 DSC06144

Só o caminho já teria valido a pena, mas ainda não tínhamos chegado à cereja do bolo. Continuando mais alguns quilômetros pela estradinha logo avistamos nosso destino lá no alto da montanha.

DSC06145

Não sabíamos se aquele era o Neuschwanstein, uma vez que o ângulo que aparecia dali não é o mesmo que costumamos ver nas fotos, mas logo que fomos nos aproximando tivemos certeza.

Havia lido que o local era muito cheio e estava com receio por ser um sábado. Ao chegarmos no vilarejinho que dá acesso ao castelo, percebemos uma grande quantidade de pessoas, porém muito menos do que eu imaginava.

DSC06147

Estacionamos o carro e fomos descobrir como ir até à Ponte de Maria, ou a Marienbrücke.Existem 3 opções: caminhando, de carroça ou de ônibus. Só queríamos tirar fotos na ponte, mas quem quiser pode entrar e conhecer o interior do castelo. Optamos por não entrar por ter lido vários relatos dizendo não valer a pena.

DSC06155

A nossa opção foi ir de ônibus e rapidamente encontramos a fila que dava acesso ao transporte. O ticket é pago diretamente ao motorista.

IMG_1879 IMG_1880

O trajeto é bem rapidinho e logo estávamos no acesso à ponte. E logo que a encontramos, nos deparamos com a vista mais linda da construção que dizem ter inspirado Walt Disney. Estava bem ali na nossa frente o lindíssimo castelo de Neuschwanstein.

DSC06159

A ponte é estreita, mas foi possível passarmos com o carrinho. O que atrapalha é a quantidade de orientais se jogando na sua frente, sem sequer pedir licença… Argh!

DSC06176

Acreditam que estávamos tentando tirar uma foto em família e ninguém deixava? Ficavam mexendo com a Camila o tempo todo e é claro que ela não olhava pra foto. Raivaaa!

DSC06171

Mesmo assim, conseguimos tirar as fotos que tanto queríamos ter com o castelo o fundo. E após tirar muitassss, ainda achava que não tinha foto suficiente 🙂

DSC06169 IMG_1883

Após contemplarmos bastante a vista, pegamos o ônibus de volta e seguimos de carro para a cidadezinha de Fussen para almoçarmos e darmos uma volta pelo centro antes de partirmos para Garmisch. Bem bonitinha a cidade, com suas casas pintadas e um super clima de final de semana ensolarado.

DSC06185 DSC06186 DSC06187

Nossa aventura pela rota romântica continuou por Garmisch-Partenkirchen, mas isso já é assunto pro próximo post 🙂 🙂

1 comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Neuschwanstein

Nuremberg

A nossa primeira viagem partindo de Munique foi para Nuremberg e essa foi também nossa estréia nas Autobahns alemãs. Uauuuu! Que estradas são aquelas! Quatro pistas de cada lado, super sinalizadas e com velocidade liberada em alguns trechos. É claro que nós não abusamos, pois odeio alta velocidade e morro de medo, mas os alemães pisam fundo e usufruem da excelente qualidade das rodovias.

DSC06002 DSC06003 DSC06004

A viagem foi super divertida, pois além de ser tudo novidade, íamos vendo placas que não tínhamos a menor ideia do que significavam e aos poucos as descobrindo. Quando iríamos imaginar que por haver declive, teria uma pista especial para caminhões e veículos de carga?

DSC06006 DSC06007

Após pouco mais de 2 horas, chegamos ao nosso destino, estacionamos o carro e fomos para uma das principais praças de Nuremberg: a Marktplatz. É lá que fica a Frauenkirche que é uma linda igreja e a fonte Schöner Brunnen, ambas em estilo gótico. Chegamos perto do meio-dia e estava rolando um show de bonequinhos similiar ao de Munique na igreja e a multidão parada olhando.

DSC06016 DSC06018DSC06108

Ali havia o centro de informações turísticas, onde pegamos um mapa e fomos explorar tudo caminhando. Começamos pela Konigstrasse, uma das ruas principais da cidade e bem charmosinha. Por ali, várias barraquinhas de frutas, flores, guloseimas, etc.

DSC06020DSC06039

Logo achamos um dos locais que procurávamos para tirar foto, e que sempre via nos blogs como um dos cenários mais fotogênicos de Nuremberg.

DSC06026 DSC06031

Seguimos caminhando e olhando no mapa até chegarmos a outro cartão-postal da cidade: o Handwerkerhof , que uma charmosa “vilinha” de artesãos. Tudo muito ajeitadinho, bem típico da Bavária.

DSC06047 DSC06048 DSC06051 DSC06053 DSC06054

Já era hora do almoço e não podíamos deixar de provar, segundo li em vários blogs, a famosa linguiça de Nuremberg e essa foi nossa opção. Como queríamos aproveitar para trocar e alimentar a Camila, escolhemos um restaurante que dizia ter o prato original.

DSC06056

Após certa dificuldade para entendermos o cardápio, conseguimos pedir o que queríamos. Logo estávamos servidos e cumprindo uma de nossas missões culinárias na cidade.

IMG_1837 DSC06060

Eu pedi a linguiça no pão e adorei. O tempero realmente é único! Valeu a pena ter provado o pão com linguiça mais caro do mundo, hahahaha. Bem alimentados, voltamos caminhando pela rua principal em busca de outro item obrigatório de se experimentar em Nuremberg: o gingerbread. Hummmm! Uma deliciosa opção de sobremesa.

DSC06063 DSC06064 DSC06065

Passando pela prefeitura, pegamos o rumo do Castelo Imperial Kaiserburg e dá-lhe ladeira acima.

DSC06073 DSC06074

Ao chegarmos à entrada da construção, vimos que mais uma subidinha nos aguardava, hehe. Parei um pouco pra contemplar a paisagem de outono, respirei fundo, peguei o carrinho e fui!

DSC06079 DSC06080 IMG_1842

Lá no alto, a principal atração é a vista da cidade, mas gostei também da torre e das casinhas enfeitadas.

DSC06092 DSC06094DSC06090

Para finalizar nosso passeio, fomos em direção à ponte de madeira que também é point para fotos em Nuremberg.

DSC06110 DSC06115 DSC06121 DSC06123IMG_1848

Assim finalizamos nosso dia em Nuremberg e voltamos pra Munique encantados com a cidade e muito felizes de tê-la incluído em nosso roteiro 🙂

Deixe um comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Nuremberg

Munique parte 5: o palácio Nymphenburg

Se em todos os dias pudemos comemorar o bom tempo na Bavária, no último passeio por Munique nos demos mal. Além de um frio congelante, estava chovendo bastante. Sorte que havíamos deixado apenas essa atração programada e assim não precisamos encarar o dia todo batendo perna com mau tempo.

O palácio de Nymphenburg, que foi residência de verão dos governantes bávaros, é uma bela construção barroca cercada por lindos jardins. Devido ao tempo chato, mal podíamos esperar para entrar no local que deveria estar aquecido, mas não sem antes criar coragem para tirar as mãos do bolso e tirar algumas fotos.

DSC06540 DSC06544IMG_2056

Mais uma vez a Camilinha estava de primeira classe, quentinha e super bem acomodada em seu carrinho!

IMG_2052 IMG_2058

Confesso que diante tanto frio, nem fiz questão de ficar fotografando cada canto do palácio. Me contentei em vê-lo de frente, dar um rápido pulo nos jardins e me dei por satisfeita. A área externa é enorme e bem bonita, mas não o suficiente para nos encorajar a encarar o vento gelado.

DSC06553 DSC06555 DSC06556 IMG_2061

De lá, nos rendemos à ambientes fechados 🙂 Fomos para uma loja Babies R Us e num shopping para passar o tempo em lugares quentinhos, uma vez que gastar em euros não estava em nossos planos, rsrsrs.

Assim terminamos nosso tour por Munique, uma cidade maravilhosa e super acolhedora. Viva a capital da Bavária, que tem muito mais a oferecer do que a famosa Oktoberfest.

Deixe um comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Munique

Munique parte 4: o parque olímpico

Saímos de Dachau, passamos almoçar num Burger King e em seguida fomos para o Parque Olímpico de Munique. Ao chegarmos, já vimos que o lugar era enorme e assim sabíamos que conheceríamos apenas um pedacinho, ainda mais que o tempo estava virando pra chuva 😦

Se eu já estava encantada com o outono, ao começar a caminhar pelo parque não parava de admirar as lindas cores das árvores. Não sei se já escrevi isso, mas repito: escolhemos uma excelente época pra viajar pois os dias ainda estavam com boa duração (escurecendo por volta de 18:30h), não fazia tanto frio e a paisagem estava deslumbrante….

DSC05960IMG_1822

Caminhando pelo parque era impossível de acreditar que as Olimpíadas de Munique aconteceram em 1972, pois tudo estava muito bem conservado e lindo. Fomos seguindo em direção à torre, que é um dos ícones do parque e aproveitando para tirar fotos em família 🙂

DSC05967 IMG_1821DSC05970

DSC05971 DSC05973 DSC05975

O tempo estava fechando e ao olharmos o tamanho do parque no mapa, decidimos apenas ir até a torre e voltar, uma vez que a caminhada já tinha sido grande. Passamos pelo ginásio e pelo parque aquático e logo chegamos ao nosso destino.

DSC05977 DSC05978 DSC05979 DSC05983

A torre olímpica é a construção mais alta de Munique e permite uma bela vista panorâmica. Como custava apenas 5 euros, subimos para ver qual era. Lá de cima foi possível ver melhor ainda as cores de outono da Europa e também uma visão geral do parque. Pena que o dia estava nublado, pois de acordo com as placas indicativas em dias de sol e céu limpo até os alpes podem ser avistados de lá.

DSC05985 DSC05989 DSC05991 DSC05992 DSC05994 DSC05996

Ficamos um tempo lá, aproveitamos pra dar mamá pra Camila e assim resolvemos encarar a longa caminhada de volta ao estacionamento. Pra dar mais emoção, a chuva resolveu apertar. Sorte que a baixinha estava bem protegida, porque eu e o Loedi nos demos mal, hahaha. Mesmo estando com capa de chuva, molhamos bastante os pés e as pernas….

DSC06000 IMG_1825 DSC05964

É claro que encaramos com bom humor e fomos pro carro debaixo de chuva cantando musiquinhas pra Camila ficar boazinha debaixo do plástico protetor do carrinho. A caminhada foi mais demorada, mas foi delicioso encerrar mais um dia em Munique neste lugar tão bonito que é o parque olímpico.

Deixe um comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Munique

Munique parte 3: o campo de concentração de Dachau

Em nosso terceiro dia em Munique, fomos até a estação central retirar o carro que tínhamos alugado. No dia anterior, tínhamos ido atrás de um chip pro meu celular para termos acesso à internet e assim não passar apuros dirigindo por lá. Entretanto, tivemos a sorte do carro ter GPS e dessa forma estávamos bem mais tranquilos em dirigir na Europa. Essa foi a primeira vez que estávamos motorizados por lá e claro que dá um medinho, mas nem pensamos muito nisso e logo queríamos aproveitar.

IMG_1806 IMG_1807

Não sou muito fã do tema “Guerras Mundiais”, contudo cada vez que visito a Alemanha fico fazendo mil perguntas para o Loedi sobre o assunto pois o envolvimento do país nesses episódios foi intenso e fico curiosa. Já o meu marido é fanático por essa parte da história e é claro que a visita ao campo de concentração de Dachau, que fica bem pertinho de Munique, seria obrigatório.

Com ajuda do GPS. chegamos facilmente ao local. Bem na entrada há o centro de visitação e logo à frente um mapa do recinto.

DSC05923 DSC05924

Ao ver o tamanho do campo, já sabia que o maridinho ia querer ler cada plaquinha e conhecer cada canto. Parceira que sou, é claro que o acompanhei.

DSC05925 DSC05926

Logo de cara, você sente o “climão” do local. Pensar em tudo que aconteceu ali faz você refletir muito, por menos de história que entenda.

DSC05927

Começamos a visita pelo museu, que é totalmente acessível para quem está com carrinho, e foi lá que ficamos a maior parte do tempo.

DSC05928

O Loedi fez questão de passar por todas as seções do prédio. Eu ia olhando as partes que mais me chamavam a atenção e ficava chocada com os fatos, pensando no que o ser humano é capaz de fazer… E o mais assustador é saber que Dachau era apenas um dos muitos campos de concentração espalhados pela Alemanha.

DSC05929 DSC05932 DSC05933DSC05935

O museu é bem completo e pra quem gosta do assunto é um prato cheio. O clima lá dentro é estranho. Todos em silêncio absoluto, num respeito imenso. Só a Camila que não entendia direito e vira e mexe quebrava a monotonia com seus gritinhos lindos 🙂 🙂

IMG_1811

No meio do passeio aproveitei para trocar a baixinha, assim que via a plaquinha pela qual mais procurei durante a viagem 🙂

IMG_1812 DSC05937

Após conhecer o museu, seguimos para as áreas externas que são muito mais impactantes. Passamos pelos dormitórios, vimos como eram os banheiros e a cozinha, mas a parte mais tensa viria na sequência…

DSC05941 DSC05943 DSC05947 DSC05948

Caminhando mais um pouquinho, chegamos ao crematório e às câmaras de gás, que sem dúvida é o local mais triste da visita.

DSC05952 DSC05953 DSC05954 DSC05955 DSC05956 DSC05957

Por lá encerramos nossa visita que valeu muito a pena. Mesmo eu não sendo fã de história, foi interessante conhecer o local. Para quem gosta, passeio imperdível estando em Munique.

1 comentário

Arquivado em Alemanha, Europa, Munique