Arquivo da tag: Ilhas Maurício

Ilhas Maurício: primeiras impressões

Se você está planejando ir para as Ilhas Maurício, provavelmente um dos desafios que está enfrentando é decidir em qual região da ilha se hospedar. Pra gente não foi diferente, mas após muita pesquisa e dúvidas entre ficar em resort ou não, optamos pela cidade de Flic en Flac.

Como escrevi no post anterior, escolhemos ficar num Airbnb e foi nessa região que encontramos as melhores opções para esse tipo de hospedagem. O principal motivo de termos fugido do resort foi, mais uma vez, o medo da Camila não se adaptar aos temperos locais.

Nosso primeiro passeio em Maurício foi ao supermercado e como estávamos bem próximos de um, fomos caminhando e assim criando nossas primeiras impressões do país. Estávamos hospedados em uma área bem residencial, em um condomínio com alguns blocos de prédios e a vizinhança era bem tranquila.

Nessa primeira caminhada na ilha, tínhamos que lembrar que estávamos na África pois escutar francês por todos os lados nos deixava confusos, rs. Fizemos nossa primeira compra por lá, achamos os preços bem parecidos com a África do Sul e logo voltamos para o apartamento. No mercado encontramos vários turistas, bem como no pequeno centro comercial onde se localiza o Spar.

Nosso programa para o dia era ir para a praia e ficar bem de boa para descansarmos, já que o dia anterior foi bem cansativo com o voo longo e a mudança de fuso (Mauritius estava 2h à frente do horário de Cape Town) . Sendo assim, escolhemos a própria praia de Flic en Flac para passarmos a tarde sem precisar de grande deslocamento.

Apesar do céu nublado, fazia bastante calor e pudemos aproveitar. Camila estava bem feliz de finalmente estar em um lugar quente e ficou bem boazinha brincando na areia por horas. O mar estava calmo e a água tinha uma cor bonita, porém era muito gelada para os meus padrões.

A praia de Flic en Flac conta com várias barraquinhas que vendem variados tipos de comidas, além de bebidas, frutas e sorvetes. O cheiro predominante é de curry, muito utilizado na culinária local devido ao grande número de indianos que vivem por lá. O local é bem tranquilo, e nos sentimos muito seguros por lá. Passaram algumas pessoas vendendo artesanatos e passeios, mas nada que atrapalhasse a nossa paz. Levamos um guarda-sol que havia em nosso apartamento, algumas toalhas e a piscininha da Camila para completar nosso acampamento. Para comer, aproveitamos uns snacks que a proprietária do Airbnb tinha deixado pra gente e buscávamos as bebidas no mercado que era quase na frente da praia.

Nossa tarde foi bem relax e pudemos recuperar nossas energias curtindo mais momentos em família. Voltamos para o apartamento para tomarmos banho e prepararmos nosso jantar para compensar as besteirinhas que acabamos comendo durante o dia. Cardápio? Arroz, feijão, bife e salada, hummmmm.

Esse foi apenas nosso primeiro dia na ilha, mas já suficiente para percebermos que a diversidade cultural e as belas paisagens fazem valer a visita. As impressões que tivemos nessas horas iniciais foram muito positivas e se mantiveram assim até o final de nossa estadia. Acompanhem nos próximos posts!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em África, Ilhas Maurício