Arquivo da tag: lion park com criança

Lion Park com criança

Programamos para nosso último dia em Johanesburgo a ida à uma atração bem conhecida da região: o Lion Park. Havíamos reservado o tour com a Pretvan Tours pela internet, a mesma empresa que fez o transfer do aeroporto até Rosebank, e no horário combinado o simpático casal proprietário apareceu para nos pegar. Levamos cerca de 1 hora para chegar até lá e logo no caminho de ida percebemos (mais uma vez) que se tivéssemos alugado um carro teríamos gasto bem menos e tido mais liberdade na capital sul-africana. A estrada é excelente e nos sentimos extremamente seguros. Apesar dos donos da agência estarem preocupados com a lotação do parque por causa do feriado, estava bem tranquilo e parecia um dia normal de visitação. Já na entrada achamos tudo bem cuidado e conservado, passando uma boa primeira impressão do local.

O principal chamariz do Lion Park é a interação com os filhotes de leão e, segundo nosso guia, em alguns momentos do dia as filas ficam enormes. Sendo assim, logo fomos para lá para ver os bichinhos e assim já dar um check na atração. Não pegamos fila e apenas tivemos que aguardar o grupo anterior terminar a interação antes de entrarmos. De longe já ficamos observando os bebês leões com 6 meses de vida nem um pouco preocupados com os humanos que estavam por ali. Quando chegou nossa vez, Camila ficou bem empolgada mas com um pouquinho de medo de interagir. Confesso também que senti bastante receio para fazer carinho nos bichinhos, porém não poderia deixar passar a oportunidade de tirar a foto nesse momento único.

É permitido ficar por lá cerca de 15 minutos, o que é tempo suficiente para brincar com os leões e tirar muitas fotos. O bacana é que deixam usar celulares e os funcionários são super simpáticos e solícitos. Eles também tiram fotos com as máquinas deles, que estarão à venda na saída do parque. Além da interação com esse animais, é possível também fazer a mesma atividade com a cheetah, porém a atração é paga à parte e só é permitida para maiores de 16 anos. O parque também tem uma girafa, que quando está com fome, chega bem perto dos visitantes para receber comidinha. Na hora em que passamos ela já tinha saído e estava longe da cerca de onde é possível tocá-la e alimentá-la.

A próxima atividade que fizemos foi o mini-safári pelo parque, que acontece dentro de um carro bem protegid0 e conta com a explicação de bem preparados guias. O passeio dura 45 minutos com várias paradas para a observação de diversos tipos de leões, cachorros selvagens, búfalos e outros animais. Apesar de achar lindos os bichos, achei super artificial esse tour e a Camila ficou muito entediada. Essa atração nos fez ter certeza de que ela ainda não tem idade para curtir o safári de verdade, pois se ali que era bem curta a duração e tínhamos certeza de ver os animais, imagine ter que ficar horas em busca de um leão no habitat natural. Para quem vai ao Lion Park, esse passeio está incluso no ingresso.

Outro fator que me fez achar chato esse passeio foi encontrar a maioria dos animais dormindo. Tá bom, eu sei que são selvagens e que ficam mais ativos à noite, mas isso me frustrou. Também chegou uma hora em que eu já não aguentava mais ver só leões e estava torcendo para aparecer outra espécie, rsrs.

Após o mini-safári, já tínhamos cumprido as atividades planejadas e o passeio no total durou menos do que imaginávamos. Achei bem fraquinho o Lion Park e só vale a pena mesmo se você fizer questão de ter uma foto com os filhotes de leão. Também acho que vir por conta própria seja a melhor e mais econômica opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em África, África do Sul, Johanesburgo